CONSELHO DE ÉTICA: ALE/RO dá início à processo que pode tirar mandato de Geraldo da Rondônia

Geraldo deixa de ser membro do Conselho de Ética e passa para a condição de investigado

CONSELHO DE ÉTICA: ALE/RO dá início à processo que pode tirar mandato de Geraldo da Rondônia

Foto: Divulgação

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa realizou uma nova reunião nesta terça-feira (27) e decidiu pelo afastamento do deputado Geraldo da Rondônia como membro titular do Conselho. 
 
Geraldo deixa de ser membro do Conselho de Ética e passa para a condição de investigado, onde caso confirmadas as denuncias, poderá sofrer sanções como afastamento e perda do mandato. 
 
Agora, os deputados se reunirão no próximo dia 11 de maio para escolher o relator do processo de Geraldo da Rondônia. Estão na suplência do Conselho Alan Queiroz (PSDB), Luizinho Goebel (PV) e Rosangela Donadon (PDT).
 
Caso Lebrão
 
Outro processo que tramita pelo Conselho de Ética é o relacionado ao deputado José Lebrão, filmado pela Polícia Federal pegando dinheiro de oriundo de corrupção e colocando dentro de uma sacola, isso tudo, utilizando um carro oficial da própria ALE/RO. 
 
O processo de Lebrão foi aberto na última semana pelo Conselho de Ética e tem como relator o deputado Edson Martins. Que ainda terá de ouvir a defesa de Lebrão para apresentar seu parecer.
 
Prazos longos 
 
Ao que tudo indica, o cidadão rondoniense não terá uma resposta com brevidade para os escândalos envolvendo Geraldo e Lebrão uma vez que os prazos para defesa dos deputados, apresentação das relatorias e analises do Conselho podem se estender até o final do ano. 
 
Em seguida, a denuncia poderá ser encaminhada ao plenário para a votação de todos os deputados em sessão. 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS