COMEÇOU A ANDAR: Deputados dão início a cassação de Lebrão e recebem denúncias contra Geraldo da Rondônia

O deputado Edson Martins será o relator do processo

COMEÇOU A ANDAR: Deputados dão início a cassação de Lebrão e recebem denúncias contra Geraldo da Rondônia

Foto: Divulgação

Na tarde desta segunda-feira (19) o Conselho de Ética da Assembleia Legislativa promoveu uma reunião extraordinária para dar andamento ao processo de cassação do deputado estadual José Lebrão. 
 
Participaram da reunião os deputados Chiquinho da EMATER (PSB), Edson Martins (MDB), Eyder Brasil (PSL), além do presidente do Conselho, Jhony Paixão (REPUBLICANOS). O deputado Geraldo da Rondônia, que responde a representações por quebra de decoro não compareceu. 
 
Caso Lebrão
 
A representação contra Lebrão, apresentada pelos cidadãos Sam Rebouças e Sofia Aguiar, foi lida por Eyder Brasil, logo em seguida o Conselho deliberou a relatoria dessa denúncia ao deputado Edson Martins, que deve apresentar seu parecer nas próximas sessões.
 
 
 
Pesa sobre o deputado José Lebrão (MDB) registros em vídeos promovidos por investigadores da Polícia Federal, onde ele é filmado recebendo dinheiro de propina e colocando dentro de um saco de lixo em um escritório na cidade de Ji-Paraná. 
 
Nos relatos da Polícia Federal, ainda há registros de que Lebrão teria usado uma caminhonete oficial da ALE/RO para ir até o encontro com o empresário que lhe passaria a propina. Esse empresário estava a serviço da investigação.
 
Começou a andar
 
O pedido foi impetrado há seis meses, quando a formação do Conselho era outra. Agora aguarda a relatoria de Edson Martins para ser encaminhada ou não pelo Conselho para votação em sessão plenária que pode definir a cassação ou não do deputado José Lebrão. 
 
De acordo com o presidente do Conselho, Jhony Paixão, o andamento será dado com toda a celeridade necessária, porém, respeitando o Código de Ética, regimento da Casa e Constituição Federal. 
 
 
 
“Hoje escolhemos o relator que irá dar o parecer diante da denúncia e da defesa apresentada pelo deputado José Lebrão. Quero deixar bem claro que não haverá paternalismo, mas será baseado em leis que já existem bem antes dessa legislatura”, afirmou Jhony Paixão. 
 
O deputado José Lebrão será notificado para apresentar a sua defesa à Assembleia Legislativa.
 
Geraldo da Rondônia
 
Membro do Conselho de Ética, o deputado Geraldo da Rondônia vem sendo motivo de vexame entre os seus pares, já que contra ele existem duas representações por quebra de decoro parlamentar, uma apresentada pelo seu suplente na Casa de Leis, Jesuíno Boabaid e outra pelo PROS, legenda partidária com representação na Casa de Leis. 
 
Geraldo, que é condenado na Justiça pelo crime de sonegação fiscal, é acusado no Conselho de Ética de ter sido protagonista de bebedeiras em aglomerações durante a pandemia, agressões físicas contra uma bailarina, servidores de um Hospital e funcionários da Energisa, tudo isso apenas em um período de 12 meses. 
 
 
Em todos esses casos há relatos de que Geraldo da Rondônia utilizou de seu poder como deputado estadual para tentar coagir os envolvidos.
 
Mesmo assim, de acordo com o Corregedor da ALE/RO, Guilherme Erse, a retirada dele do Conselho de Ética não poderia ser realizada nessa sessão extraordinária e sim após a escolha do relator e o devido andamento do processo. 
 
Estão na suplência do Conselho de Ética os deputados Alan Queiroz (PSDB), Luizinho Goebel (PV) e Rosangela Donadon (PDT).
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS