BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

EXEMPLO: Léo Moraes foi o único rondoniense contra reeleição de Maia e Alcolumbre no Congresso

Léo Moraes se alinhou a outros partidos para emitir uma carta rejeitando a tentativa inconstitucional

Rondoniaovivo - João Paulo Prudêncio

09 de Dezembro de 2020 às 10:36

Atualizada em : 09 de Dezembro de 2020 às 11:04

Foto: Divulgação

Embargada pelo Supremo Tribunal Federal – STF, a tentativa de legalizar a reeleição dos presidentes do Senado e Câmara Federal apenas se tornou possível com uma frente formada por deputados e senadores que consideraram esse ato como absurdo. 
 
Pelo estado de Rondônia, entre os onze representantes no Congresso Nacional, apenas o deputado Léo Moraes (PODEMOS) se posicionou sobre o tema, afirmando publicamente que tal medida seria um retrocesso na politica brasileira. 
 
“Acredito que temos outras prioridades, como é o caso da prisão em segunda instância, redução dos parlamentares, modelo de eleição, reforma tributária. Acredito que isso é um retrocesso! Oxigenar e promover a mudança faz bem, isso é saudável”, afirmou Léo Moraes na época. 
 
Líder do PODEMOS na Câmara Federal, Léo Moraes se alinhou a outros partidos para emitir uma carta rejeitando a tentativa inconstitucional. Uma mobilização que trouxe resultado positivo para a população brasileira. 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS