BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CONSUMIDOR: Jean Oliveira cobra ação para coibir aumento abusivo dos produtos

Corroborando com a denúncia do deputado Laerte Gomes, Jean Oliveira disse estar de acordo que se traga o Procon à Assembleia Legislativa para se encontrar formas de proteger o consumidor

ASSESSORIA

09 de Setembro de 2020 às 10:16

Foto: Divulgação

O deputado Jean Oliveira (MDB), na sessão ordinária da terça-feira (8),  em aparte ao deputado Laerte Gomes (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, que denunciava a alta abusiva dos preços ao consumidor em vários segmentos do comércio, exemplificando a denúncia do presidente, fez um relato de como ocorreu o aumento abusivo do litro de leite ao consumidor final.
 
Afirmando que essa preocupação, do  preço que o produto vai chegar no consumidor final, é uma das suas preocupações permanente , o deputado Jean Oliveira, relatou que houve um manifesto muito grande dos produtores rurais ,  produtores de leite,  para que se pagasse um preço justo ao litro de leite; e os laticínios, pela primeira vez, sentiram-se ameaçados pelo setor produtivo. Coisa que antes nunca tinha acontecido, segundo o deputado. 
 
“Eles, os produtores se organizaram, em grupos no whatssap, e conseguiram com que os laticínios pagassem melhor pelo litro de leite. Mas, infelizmente, houve essa desproporcionalidade no aumento do leite para o consumidor, ou seja, o que pode ter acontecido é que o aumento que eles deram ao produtor rural, repassaram em excesso, para o consumidor final”, analisa o parlamentar.
 
“O que eu fiz? Fui a secretaria da Fazenda, junto com o coordenador da Receita Estadual, o senhor Antônio Carlos, que é um técnico super competente, que inclusive acredito que devemos convidá-lo para vir a essa Casa, juntamente com o secretário de Agricultura, Evandro Padavoni, que presenciou a minha reclamação, para que nós possamos pegar o preço pago ao produtor rural, o preço que o laticínio repassa para o supermercado, e o que o supermercado repassa para o cidadão que é o consumidor final, para que nós possamos equilibrar, e cobrar,  que se seja  justo na hora de colocar o preço na prateleira”, disse o deputado.
 
Corroborando com a denúncia do deputado Laerte Gomes, Jean Oliveira disse estar de acordo que se traga o Procon à Assembleia Legislativa para se encontrar formas de proteger o consumidor. “Porque não podemos tolerar esse tipo de crime contra o cidadão rondoniense”, afirmou Jean Oliveira.  
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS