BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

EXPEDITINHO - Deputado gasta 1300 litros de combustível num único mês, locação de veículos também chama atenção

Deputado gasta 1300 litros de combustível num único mês

Da Redação

15 de Setembro de 2015 às 09:41

Foto: Divulgação

 Uma investigação na prestação de contas dos deputados federais por Rondônia trás a tona, situações estranhas que merecem uma atenção especial dos órgãos fiscalizadores.

Entre os parlamentares, o novato Expedito Netto (SD), filho do senador cassado Expedito Junior, está entre os que mais gastaram no congresso nestes primeiros sete meses de mandato.

De sua cota parlamentar, Expeditinho gastou R$ 283.760,36 entre alimentação, passagens aéreas, correspondências, locação de veículos e combustível.

Entre as incongruências detectadas, está a compra de 1310 litros de combustível em março deste ano. Foram 680 litros de gasolina e 630 litros de Diesel no valor de R$ 4.447,96.


Expeditinho gastou R$ 283.760,36 entre alimentação, passagens aéreas, correspondências, locação de veículos e combustível.

Outra prestação de contas que chama atenção é uma locação de dois veículos da empresa Nissey Locadora de Veiculos. Desde fevereiro deste ano, Expeditinho paga R$ 9.707,75 por mês para a empresa, que supostamente só tem o deputado como cliente comercial.

Nesta prestação de contas, outra coincidência chama a atenção. As notas não tem valor fiscal, são tiradas ‘a mão’, sem uso de processo eletrônico. Desde a nota 001 até a 007, só Expeditinho é o cliente.

Também chama a atenção o fato das notas que embasaram a prestação de contas de fevereiro, março e abril, foram sacadas todas no dia 30 de abril deste ano. CLIQUE AQUI E CONFIRA PRESTAÇÃO DE CONTAS DO EXPEDITINHO

LOCADORA

Segundo a gerencia da empresa Nyssey Locadora, nada tem de errado. Expeditinho é mesmo o único cliente que o grupo empresarial mantem contrato de locação. As faturas sem valor fiscal são anexadas no processo do Congresso Nacional pelo fato de empresa ter isenção de ISS.

Sobre o fato das faturas iniciais terem sido tiradas no mesmo dia, segundo gerente, foi por causa de atraso no pagamento. Também reclamou do excesso de multas que estão vindos de Brasília para empresa.

GABINETE

Em contato com assessoria de  gabinete do parlamentar, informaram que tudo está certo na sua prestação de contas e se há algum problema com as notas, tem a ver com a empresa e não com o deputado, que cumpre mandato de forma republicana.

FAMILIA

No caso de Expeditinho , herdeiro politico do ex-senador Expedito, deve ser registrado que tanto seu pai, como sua mãe Val Ferreira, já sofreram ações judiciais no âmbito eleitoral e tiveram direitos políticos cassados.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS