BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Combustível vira farra na câmara de Porto Velho; Vereadores Cabo Anjos e Pastor Delson são os mais gastões

Segundo o Portal da Transparência, em janeiro de 2014, o parlamentar recebeu dos cofres públicosR$ 2.964,90 reais, pela aquisição de combustível e lubrificante. De acordo com o processo nº. 50/2014, no mês de fevereiro, ele gastou R$ 1.941,27 reais.

Da Redação

26 de Maio de 2014 às 09:18

Foto: Divulgação

O vereador Cabo Anjos (PDT) está viajando bastante. E por que estaria fazendo isso, em tese, a serviço da própria Casa em que atua e em defesa dos interesses da população do município de Porto Velho, tem sido generosamente reembolsado, com a chamada verba indenizatória, criada pela Resolução nº. 561, de 19 de dezembro de 2012, e alterada em 2013, pela Resolução 569,para cobrir despesas dos parlamentares.

Segundo o Portal da Transparência, em janeiro de 2014, o parlamentar recebeu dos cofres públicosR$ 2.964,90 reais, pela aquisição de combustível e lubrificante. De acordo com o processo nº. 50/2014, no mês de fevereiro, ele gastou R$ 1.941,27 reais.

Em abril, foram mais R$ 1.916,92 reais. Some-se a isso a quantia de R$ 410,00 reais, referente à troca de cilindro de roda, fluido de freio, óleo de motor, filtro de óleo, palheta do limpador, alinhamento total e balanceamento de rodas, conforme notas fiscais n°s. 703 e 1710/2014.

Pode até parecer absurdo, mas é o que diz o Portal da Transparência. Somente no dia 12 de maio de 2014, Anjos abasteceu seu veículo seis vezes, em três postos diferentes. Foram 138 litros de combustível, num total de quatrocentos e trinta reais.

O vereador pastor Delso Moreira (PRB) é outro que vem pisando fundo no acelerador da gastança. Em maio de 2014, ele foi reembolsado em R$ 3.543,75 reais, pela queima de 1.125 litros de gasolina comum, conforme nota fiscal 007.986.

O que fica no ar, contudo, é a procedência da gastança, pois os valores apresentado ao que tudo indicam não parecem coincidir com a realidade do que é gasto efetivamente com um trabalho de vereança no município de Porto Velho.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS