ALARME FALSO: Cadáver jogado nas margens de rua não é de humano, diz polícia

Os policiais comparecem ao local e constataram que, na verdade, se tratava de uma ossada de um animal

ALARME FALSO: Cadáver jogado nas margens de rua não é de humano, diz polícia

Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (05) equipes da Delegacia Especializada em Crimes contra a Vida – Homicídios e do Instituto Médico Legal receberam o chamado de uma ocorrência de cadáver encontrado, fato ocorrido na Rua Nova Petrópolis em Porto Velho-RO.
 
Os policiais comparecem ao endereço e constataram que, na verdade, se tratava de uma ossada de um animal, aparentemente um cachorro, cuja pata estava exposta.
 
O médico legista esclareceu que articulações humanas não tem esses ossos redondos entre os ossos longos, portanto, a ossada era de um animal.
 
Alguns moradores se desesperaram. Um popular tirou a foto da ossada e postou na internet, com a seguinte expressão "terra sem lei!" A imagem viralizou criando a sensação de impunidade na sociedade porto-velhense.
 
A Polícia Civil vem a público esclarecer o fato e dizer que não mede esforços para combater a criminalidade, zelando por seu compromisso com a justiça, ordem e a paz social.
 
Aliado a isto, a eficiência da equipe da Delegacia de Homicídios é destaque nacional, configurando entre as 4 melhores do país em elucidação dos homicídios.
 
Este índice nos garante a certeza de que Porto Velho é uma terra onde o braço forte do estado é soberano! Aqui "tem leis” e as forças de segurança pública atuam arduamente prestando o serviço que a sociedade requer/merece.
Direito ao esquecimento

Em qual desses quatro pré-candidatos você votaria se as eleições fossem hoje?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS