DESCONTROLADO: Deputado estadual invade Energisa e ameaça funcionários

Parlamentar foi acusado de ameaçar de morte pelo menos dois funcionários da empresa

DESCONTROLADO: Deputado estadual invade Energisa e ameaça funcionários

Foto: Ilustrativa

O deputado estadual José Geraldo Santos Alves Pinheiro, 53, o "Geraldo da Rondônia" se envolveu em mais uma confusão na empresa Energisa, na Avenida Imigrantes, em Porto Velho (RO).
 
Nesta quarta-feira (18), parlamentar foi acusado de ameaçar de morte pelo menos dois funcionários da empresa. Consta em registro de ocorrência, que o deputado em uma caminhonete Hilux SW4 invadiu sem autorização o pátio da empresa e queria de qualquer forma conversar com o presidente da Energisa.
 
Geraldo ao ser abordado por um dos vigilantes teria dito: "Sai da minha frente, se tentar me impedir vou te cobrir na bicuda".
 
Deputado Geraldo da Rondônia (PSC)
 
Mais uma vez em flagrante descontrole, o parlamentar continuou tentando invadir a empresa para falar com o presidente da Energisa.
 
Ao ser abordado pelo gerente administrativo da empresa, o deputado teria dito para a vítima não interferir que caso contrário ia "pegá-lo".
 
Ainda segundo uma das vítimas, Geraldo da Rondônia a todo momento abria uma bolsa e fazia menção de sacar uma arma de fogo. 
 
Após muita insistência, os funcionários conseguiram fazer o deputado sair do local. A Polícia Militar foi chamada e registrou um boletim de ocorrência com a tipificação do crime de ameaça.
 
 
Reincidente em confusões
 
 
No início do mês de abril deste ano, o deputado já havia sido acusado de ameaça e lesão corporal contra servidores da Energisa dentro da própria empresa.
 
Em outra confusão que se envolveu, o deputado foi acusado de xingar, agredir e ameaçar servidores do Centro Político Administrativo (CPA) em Porto Velho. O crime aconteceu no dia 18 de junho deste ano.
 
 
 
O outro lado
 
A empresa Energisa enviou a seguinte nota à redação do Rondoniaovivo: "A Energisa informa que seus advogados ingressarão na justiça com pedido de medidas cautelares cabíveis para a garantia da segurança de seus colaboradores próprios e terceiros".
 
 
O Conselho de Consumidores da concessão de distribuição de energia de Rondônia também se pronunciou: "O Conselho de Consumidores da concessão de distribuição de energia de Rondônia, órgão colegiado cujo funcionamento é regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), repudia veementemente a tentativa de invasão da sede e ameaça a colaboradores sofrida pela Energisa na última quarta-feira (18), pelo Deputado Estadual GERALDO DA RONDÔNIA.
 
Nesses quase três anos em que a empresa está à frente da concessão, temos acompanhado ao enorme esforço do Grupo Energisa para transformar a concessão, ouvindo críticas e sugestões e atuando com transparência. Esperamos que atitudes isoladas e totalmente descabidas como as noticiadas pela imprensa não atrapalhem o modelo de atuação de portas abertas da empresa em nosso Estado". 
Direito ao esquecimento

Você acha que os escândalos do Governo Bolsonaro prejudicam a pré-candidatura à reeleição?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS