BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

LEI SECA: PM não vai mais apoiar blitz do Detran contra motoristas bêbados

Caso contrário, continuaremos realizando operações próprias, sem necessidade de participação de qualquer órgão

Rondoniaovivo

16 de Setembro de 2020 às 19:52

Foto: Divulgação

Em documento, o comandante geral da PM, Alexandre Luis de Freitas comunica ao diretor geral do Detran, Neil Aldrin Faria Gonzaga, os agentes de Trânsito não contarão mais com o apoio da Polícia Militar:
2. Considerando que, no exercício das mesmas atribuições, as gratificações percebidas deveriam ser iguais, quer seja pela aplicação do princípio constitucional da igualdade, quer seja pela inexistência de justificável plausível para a discrepância existente atualmente, e que comandos anteriores deixaram que ocorresse essa desvalorização do trabalho
imprescindível de nosso policial;
 
Nesse viés, enquanto não houver solução favorável e justa à Polícia Militar, informo que só reiniciaremos a Operação Lei Seca com ordem expressa do Exmo. Sr. Governador do Estado, nosso Chefe maior, ao qual serão apresentados todos os mesmos argumentos, e em se mantendo a decisão, atuaremos.
 
Caso contrário, continuaremos realizando operações próprias, sem necessidade de participação de qualquer órgão. Por fim entendo que esse Secretário ao assumir essa autarquiaestadual, assim como a minha pessoa, já encontrou esse quadro de desvalorização existente, mas, não é pretexto para
continuarmos assim.
 
Atenciosamente, Alexandre Luís de Freitas Almeida –
Comandante-Geral da PM
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS