BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

NA CADEIA: Suspeito de matar Miss Kimberly Mota é preso em Roraima

Conforme a polícia, a principal suspeita é que Rafael tenha matado a Miss Manicoré por não aceitar o fim do relacionamento

Em Tempo

15 de Maio de 2020 às 19:55

Foto: Divulgação

 
 
 
Rafael Rodrigues Fernandes, de 31 anos,foi preso na tarde desta sexta-feira (15) na cidade de Pacaraima, em Roraima. 
 
 
Ele é o principal suspeito de matar a facadas a Miss Manicoré Kimberly Karen Mota, namorada dele. Conforme o comandante geral da Polícia Militar de Roraima, coronel Elias Santana, desde a confirmação da entrada de Rafael naquele estado, diversas denúncias foram recebidas sobre o paradeiro do auxiliar jurídico. Ao longo desta sexta-feira (15), várias casas foram revistadas, mas sem nenhum êxito.
 
 
"Como a nossa equipe não desiste nunca, agora por volta das 16h, recebemos uma informação e, ao checarmos, conseguimos capturar o Rafael", confirmou a autoridade.  
 
 
Ele estava em um casebre e estava recebendo ajuda de venezuelanos. Rafael já estava com outra roupa, barbado e mais magro. O suspeito deve ser trazido para Manaus.
 
 
Outros detalhes da prisão deverão ser repassados pelo delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).Transferência para Manaus
 
 
A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) confirmou que o delegado titular da DEHS irá até aquele Estado buscar Rafael. A prisão dele foi resultado de uma força-tarefa entre diversos órgãos da Segurança Pública do Estado de Roraima. 
 
 
Conforme a polícia, a principal suspeita é que Rafael tenha matado a Miss Manicoré por não aceitar o fim do relacionamento, após uma briga no apartamento dele. O corpo da vítima foi encontrado com três golpes de arma branca na região do pescoço. 
 
 
Rafael deve ser trazido para Manaus neste sábado (15) e deverá ser apresentado no prédio da DEHS, onde prestará esclarecimentos e contará a versão dele sobre o crime.

Galeria de Fotos da Notícia

NA CADEIA: Suspeito de matar Miss Kimberly Mota é preso em Roraima

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS