BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Funcionária pública é assassinada com seis tiros no rosto

Segundo informações dos familiares, o suspeito que era um homem com quem Juliana havia acabado de se casar.

Da Redação

15 de Maio de 2017 às 10:28

Foto: Divulgação

 A Policia Militar de Jaru recebeu na manhã do sábado(13), uma denuncia anônima comunicando que o corpo de uma mulher havia sido encontrado na linha 599 km 09.

A vítima identificada como Juliana Almeida Giacomini, funcionária pública do Municipio, foi morta a tiros por volta das 16:00h da tarde de ontem (12), mas seu corpo só foi localizado na manhã de hoje(13), no pasto de uma propriedade rural do Município de Theobroma, onde ela residia atualmente.

Segundo informações dos familiares, o suspeito que era um homem com quem Juliana havia acabado de se casar. Ele agrediu Juliana, e em seguida sacou de arma de fogo e desferiu 6 tiros em sua face. Em seguida colocou o corpo na garupa de uma motocicleta e desovou num pasto, à cerca de 2Km do local da casa, onde, além de ter cometido o crime na frente da criança que é autista, o deixou abandonado juntamente com um cachorro, e em seguida fugiu do local.

Juliana era muito conhecida e querida no Município, por já ter sido diretora do hospital Municipal, onde ela  trabalhava atualmente. Juliana deixa um casal de filhos.

Segundo a família, o amásio de Juliana é o principal suspeito de ter cometido o crime;

A policia pede que se alguém tiver alguma informação sobre o paradeiro do suposto assassino, que ligue no 190 e denuncie para que sejam tomadas as providencias cabíveis.

Imagem Ilustrativa***

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS