BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ENFURECIDO: Acusado de tentar matar pai e ex-mulher será julgado nesta terça-feira

A sentença de pronúncia narra que o acusado arrastou a ex-mulher para beira de um rio e, sobre ela, começou a espancá-la

Comunicação TJRO

18 de Fevereiro de 2020 às 09:40

Foto: Divulgação

Nesta terça-feira, 18, Rogério Cunha da Silva de Freitas Santana, 27, será julgado no 2º Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho sob acusação de ter tentado matar o próprio pai e a ex-mulher, assim como causar lesões corporais em sua sogra.

 

Segundo a sentença de pronúncia, no dia do crime a ex-mulher do acusado foi à casa do pai deste buscar seu filho. Em dado momento começou uma discussão, culminando com agressão contra a ex-companheira. A sentença de pronúncia narra que o acusado arrastou a ex-mulher para beira de um rio e, sobre ela, começou a espancá-la. Diante da situação, o pai do acusado interveio, porém foi agredido com escavadeira manual e um pedaço de pau.

 

O pai do acusado, diante das agressões, foi encaminhado para o Hospital João Paulo II, onde foi internado na UTI e realizada uma cirurgia para retirada do baço. O réu, enfurecido, utilizando-se da mesma ferramenta (boca de lobo) que agrediu o seu genitor, espancou também a sogra, causando várias lesões. A sogra tentava salvar a vida de sua filha.

 

Toda a confusão foi motivada porque Rogério, supostamente, não aceitava a separação conjugal. Os fatos ocorreram no dia 13 de maio de 2019, Ramal Embratel – Prof. Miro, no Município de Itapuã do Oeste, jurisdição da Comarca de Porto Velho. Processo n. 0007528-87.2019.8.22.0501. Réu Solto.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS