BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

PRECATÓRIOS BILIONÁRIOS – Deputados entregam abaixo assinado à OAB/RO pedindo punições severas a advogados

No abaixo assinado os deputados foram incisivos em exigir que a OAB/RO inicie uma urgente abertura de processo administrativo e que após realizado esse processo que os advogados que comprovadamente participaram do esquema dos precatórios sejam expulsos...

Da Redação

20 de Junho de 2012 às 15:59

Foto: Divulgação

Deputado Hermínio Coelho entrega abaixo assinado na sede da OAB/RO.
Os recentes escândalos envolvendo advogados e o Poder Judiciário Trabalhista de Rondônia que resultou na histórica lavagem da fachada da OAB Seccional Rondônia na manhã desta ultima terça-feira (19) por deputados estaduais e vereadores da capital rondoniense estão sendo cobrados de forma incisiva pela ALE (Assembléia Legislativa de Rondônia).
Pouco antes de “lavar” a OAB em Porto Velho, o presidente da ALE/RO, Deputado Hermínio Coelho (PSD), foi até o gabinete do presidente da OAB/RO, advogado Hélio Vieira, e entregou para a secretária de Hélio, um abaixo assinado solicitando que a Ordem dos Advogados do Brasil em Rondônia tome severas providências contra todos os advogados envolvidos no esquema de precatórios que põem ter custado aproximadamente um bilhão de reais aos cofres públicos.
No abaixo assinado os deputados foram incisivos em exigir que a OAB/RO inicie uma urgente abertura de processo administrativo e que após realizado esse processo que os advogados que comprovadamente participaram do esquema dos precatórios sejam expulsos e percam imediatamente o direito de advogar.
No documento é possível observar que a maioria absoluta dos deputados da Casa de Leis de Rondônia assinaram o documento. Na manhã desta ultima terça-feira (19) o deputado José Lebrão (PTN), já havia alegado à imprensa que irá exigir que os procedimentos tomados pela ALE/RO durante o escândalo da Termópilas seja o mesmo procedimento realizado na OAB/RO, ou seja, punições e expulsões.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS