VILHENA: Jornalista vilhenense passa mal e morre antes da chegada do socorro

Corpo de Nilson Minotto será velado na Capela Mortuária

VILHENA: Jornalista vilhenense passa mal e morre antes da chegada do socorro

Foto: Divulgação

Faleceu na noite de ontem, em sua casa no bairro Marcos Freire, em Vilhena, o jornalista Nilson Minotto. Ele tinha 61 anos, morava na cidade desde 1988 e era o fundador do jornal “Gazeta da Amazônia”.
 
Segundo um dos três filhos que o comunicador deixa, três dias antes uma enfermeira havia coletado sangue dele e os exames realizados apontavam infecção. Minotto estava sendo medicado e se queixava de dores na garganta.
 
Ontem, quando os familiares ligaram para o Corpo de Bombeiros, para levar Nilson até a UPA, onde ele passaria por uma consulta médica, o jornalista “apagou” e não voltou mais. A causa da morte foi apontada no atestado como “indefinida”.
 
O velório do veterano comunicador será realizado a partir das 13:00h desta segunda-feira, 24, na Capela Mortuária e o sepultamento está marcado para as 17:00h.
Direito ao esquecimento

Você acredita que a gestão da Segurança Pública (Sesdec) em RO está sendo competente no combate ao crime no estado?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Asprodarc

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS