BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

NEGLIGÊNCIA: Bebê morre na barriga da mãe por falta de anestesia em Rondônia

Segundo a família, eles tiveram então que aguardar a chegada de uma anestesista para fazer o procedimento de parto, o que teria acontecido um dia após a internação da gestante

Rondoniaovivo

22 de Agosto de 2020 às 11:06

Atualizada em : 23 de Agosto de 2020 às 10:55

Foto: Divulgação

Um bebê morreu na barriga da mãe no Hospital Regional de São Francisco do Guaporé, interior de Rondônia, porque não havia anestesia para realização do parto. 

 

O pais denunciaram a negligência ontem (21), através de uma foto postada nas redes sociais em que aparecem beijando o corpo da filha retirado via cirurgia horas depois.

 

O hospital só tem um profissional terceirizado para o serviço de anestesia, (que não estava de plantão no dia) e um outro médico habilitado para anestesiar está afastado, de acordo com informações da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) .

 

De acordo com o irmão, a gravida Keylyzangela Nillio deu entrada no Hospital Regional de São Francisco por volta das 21h da noite de terça-feira (18). Keylyzangela já estava na reta final da gravidez.

 

Depois da mãe ser internada, os médicos notaram que o bebê estava com os batimentos alterados, no entanto não havia anestesista para fazer um parto de urgência. 

 

Segundo a família, eles tiveram então que aguardar a chegada de uma anestesista para fazer o procedimento de parto, o que teria acontecido só quarta-feira (19).

 

O bebê não resistiu e, ao ser retirada de dentro da barriga da mãe, não mais tinha sinais de vida.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS