BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

SERINGUEIRAS: Hospital é instalado para reforçar atendimento aos pacientes com Covid-19

“A entrega deste hospital faz parte do objetivo que visa melhorar a saúde da população e vai atender não só a comunidade de Seringueiras, mas as famílias no entorno da cidade”

GOVERNO DE RO

17 de Agosto de 2020 às 10:19

Atualizada em : 17 de Agosto de 2020 às 16:30

Foto: Divulgação

 

GOVERNO DE RO - O município de Seringueiras, que fica na BR-429, a 534 quilômetros de Porto Velho, recebeu do Governo de Rondônia o Hospital Municipal Fiorindo Vicensi na última sexta-feira (14). A unidade hospitalar possui 20 leitos, sendo que dois são semi-utis (Unidade de Terapia Intensiva) para tratamento de pacientes com Covid-19.
 
A obra, que começou a ser construída em agosto de 2017, foi executada com recursos oriundos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes) e do Programa Integrado de Desenvolvimento e Inclusão Socioeconômica (Pidise), do Governo de Rondônia.
 
Foram gastos na construção do hospital municipal mais de R$ 5 milhões, com contrapartida do tesouro estadual de mais de R$ 270 mil, através do Pidise. A obra foi entregue à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) enquanto instituição beneficiária do programa em março de 2020, que repassou à Prefeitura de Seringueiras, por meio de Termo de Cessão firmado pelo prazo de 10 anos.
 
De acordo com o Termo de Cessão, cabe ao município providenciar a instalação dos equipamentos, contratação de profissionais de saúde, manutenção e demais custos da unidade. O hospital contou ainda com recursos de emenda parlamentar dos senadores Marcos Rogério, Acir Gurgacz, do ex-senador Valdir Raupp, dos deputados estaduais Lebrão e Ismael Crispim. A verba das emendas foi usada para equipar o hospital com macas, suporte para soro,  bombas infusoras, central de ar, aquisição de ambulância e demais equipamentos.
 
 
A obra foi entregue à Sesau de forma antecipada para atender a solicitação da Prefeitura de Seringueiras, pela necessidade de ampliação do número de leitos para o atendimento a possíveis pacientes com coronavírus. “Vale ressaltar que Seringueiras é referência na BR-429 na prevenção à Covid-19, pelas ações desenvolvidas pela Prefeitura, com o apoio da população que tem respeitado os decretos estaduais”, disse a prefeita Leonilde Alflen.
 
Desde o início da pandemia, o município registrou até o momento 92 casos da doença, sendo que desse total, 86 pessoas estão recuperadas e não houve nenhum registro de morte. Segundo a prefeita Leonilde, apenas dois casos foram encaminhados para a Capital, os demais passaram por tratamento domiciliar.
 
“Rondônia tem sido destaque em rede nacional, como um dos estados que mais testou e está reduzindo o número de mortes por Covid-19. Uma prova de que as ações em parceria com a bancada federal, com os deputados estaduais e os prefeitos têm contribuído para minimizar o contágio do coronavírus em nosso Estado. O isolamento restritivo vem dando certo e o resultado está sendo divulgado na mídia nacional”, ponderou o governador, coronel Marcos Rocha.
 
“A entrega deste hospital faz parte do objetivo do Governo do Estado que visa melhorar a saúde da população e vai atender não só a comunidade de Seringueiras, mas as famílias no entorno da cidade”, destacou o secretário adjunto da Sesau, Nélio Santos.
 
UM DESBRAVADOR CHAMADO FIORINDO VICENSI
 
O nome do hospital municipal foi em homenagem a um catarinense que chegou à região de Seringueiras nos anos 80. Dona Ângela Calessa Vicensi, viúva de Fiorindo Vicensi, contou que o marido a deixou no Estado de Santa Catarina com os seis filhos e veio em busca de dias melhores para a família. “Durante seis anos ele visitava a gente uma vez no ano. Dormiu em barraca de lona, enfrentou atoleiros e sobreviveu há várias malárias. Quando ele construiu uma casa de madeira trouxe a família para Rondônia”, comentou dona Ângela  emocionada.
 
Os filhos do casal Vicensi moram em Seringueiras e participaram do ato de entrega da unidade hospitalar.
 
Estiveram presentes também, o senador Acir Gurgacz, Raniery Fabri representando o senador Marcos Rogério, os deputados Lebrão e Ismael Crispim, secretário municipal de Saúde de Seringueiras Marcel Leme, a prefeita de São Francisco do Guaporé, Gislaine Lebrinha e demais autoridades municipais.
 
Após o ato simbólico do descerramento da placa, o governador coronel Marcos Rocha, acompanhado pela prefeita de Seringueiras, visitou as instalações do hospital.
 
Ainda em Seringueiras, o chefe do Poder Executivo participou de entrevistas em rádios locais, onde falou sobre as ações do Governo do Estado na região Vale do Guaporé.
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS