COLUNA SEMANAL: Monstro de Guajará-Mirim está na Lista Vermelha da Interpol

A coluna trata também da forte seca que deve assolar RO este ano; deputado federal Lebrão deve perder o mandato para Rafael É o Fera; Complexo Deroche Pequeno Franco, em Porto Velho, será reformado, finalmente.

COLUNA SEMANAL: Monstro de Guajará-Mirim está na Lista Vermelha da Interpol

Foto: Divulgação

 
Arraial
 
 
E o tradicional Arraial Flor de Maracujá teve início na última sexta-feira(21), no Parque dos Tanques, em Porto Velho. Serão dez dias de festa tendo várias atrações, com as apresentações de 30 agremiações folclóricas do grupo especial e 5 do grupo de acesso, entre quadrilhas juninas e bois-bumbás. Cada noite encerra com show musical, a partir da 00h05. Uma bela iniciativa que sempre marcou o período junino na capital. Que a segurança garanta a alegria da população e os preços cobrados dos produtos vendidos no local não sejam aqueles de tirar a alegria de qualquer quadrilha junina. Boa diversão!
 
 
 
Saí Lebrão e entra a Fera
 
 
Falando em celebração, quem deve estar comemorando a existência do Supremo Tribunal Federal (STF) é Rafael É o Fera. A corte formou maioria na sexta (21) em uma decisão que tratava das novas regras para distribuição de sobras eleitorais da eleição de 2022. Assim, sete deputados vão perder as vagas na Câmara dos Deputados. Entre estes está o deputado federal rondoniense Lebrão (União Brasil), e quem deverá assumir a vaga é Rafael É o Fera (Podemos). Nas eleições de 2022, Rafael Fera o Fiscal do Povo, como se intitulava na época, foi o mais votado de Ariquemes para deputado federal obtendo 14465 votos (29,51%). Ainda bem que não fecharam o STF como muitos queriam!
 
 
 
Calmaria
 
Na capital, os pré-candidatos a prefeito parecem que estão em compasso de espera. A empolgação que se via no início da pré-campanha, com gente já declarando que o pleito estava decidido por WO perdeu força. Léo Moraes, definitivamente, deu um novo rumo à disputa. Muitos colocaram as barbas de molho à espera das convenções partidárias, que devem ocorrer entre 20 de julho e 5 de agosto. A data-limite para o registro de candidaturas é 15 de agosto. Vamos aguardar para ver as mudanças no cenário, para saber quem continua no páreo, quem se une e quem decide tirar o bloco da avenida. 
 
 
Financiadores
 
 
E a mais uma fase da Operação Lesa Pátria que visa prender os envolvidos nos atos de vandalismo de 8 de janeiro, em Brasília, ocorreu na última quinta-feira(20). Os alvos foram empresários de Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Goiás acusados de financiar atos golpistas e acampamentos em frente aos quartéis do Exército pedindo golpe militar. Com essas notícias já deve ter muita gente preocupada em Rondônia!
 
 
 
Monstro de Guajará-Mirim
 
 
A população de Guajará-Mirim ainda guarda as lembranças de um crime bárbaro ocorrido na cidade. Na madrugada do dia 30 de dezembro de 2014, há quase dez anos atrás, em uma casa no bairro Santa Luzia, foram encontrados os corpos de Luciene Almeida Rodrigues(28 anos) e dos dois filhos, de 5 e 16 anos. O irmão da mulher, Jokley Lima de Freitas, também foi baleado e morreu, dias depois, no hospital. O acusado do crime é o companheiro da mulher, Tanus dos Santos(foto), que na época tinha 23 anos, e ficou conhecido como o ‘Monstro de Guajará-Mirim’. A revolta da população com os assassinatos foi tamanha, que a delegacia da cidade foi depredada e o Tanus teve que ser transferido às pressas para um presídio em Porto Velho.
 
 
Fugiu
 
 
Apesar da violência do crime e da comoção que causou, no dia 11 de abril de 2016, Tanus conseguiu escapar do presídio Pandinha, juntamente com mais dois comparsas. Ele não foi localizado até hoje e, desde então, o caso caiu no esquecimento. Em Guajará-Mirim, a revolta da população continua e muitos dizem que o criminoso teria trocado de identidade e, após passar um tempo na Bolívia, teria ido para a Espanha ou Estados Unidos. Mas ninguém confirma essas suspeitas.
 
 
Procurado
 
 
 
A Coluna entrou em contato com a Sesdec - Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania - para saber como está o caso. As informações são de que ele se encontra, de fato, em solo boliviano, porém, a polícia brasileira não tem autorização para capturá-lo. Outro dado é de que as investigações feitas pelos policiais rondonienses apontaram que Tanus vive no país vizinho com suporte financeiro vindo do Brasil. Hoje, ele se encontra na lista de Procurados da Interpol, sendo considerado um foragido internacional.
 
 
 
Cristiane Lopes
 
 
Vamos dar a César, o que é de César! Merece aplausos a deputada federal Cristiane Lopes(União Brasil), ao destinar R$600 mil para a Secretaria de Obras e Serviços Públicos (SEOSP). O dinheiro será destinado aos trabalhos de reforma e requalificação do Complexo Poliesportivo Deroche Pequeno Franco, localizado no centro de Porto Velho. Já faz anos que o espaço, que fica ao lado do Ginásio Cláudio Coutinho, está abandonado e depredado. Resta saber se a obra vai sair mesmo do papel. É bom ficar com o pé bem atrás. Motivo para a desconfiança não faltam, afinal, quem não se lembra do estacionamento e outras obras de melhorias do Espaço Alternativo que eram para estar terminadas?
 
 
Pré-Seca
 
 
 
Será no dia 26 de junho(terça-feira), das 09h00 às 18h00, no auditório do Censipan, em Porto Velho, o evento Pré-Seca 2024 - Análise e Prognóstico Hidrometeorológico. Palestras e mesa-redondas estarão tentando traçar os cenários para o período de estiagem na Amazônia. As inscrições podem ser feitas no link . 
 
 
Muito Calor
 
 
A verdade é que, conforme os últimos levantamentos feitos por órgãos envolvidos com as questões climáticas, teremos esse ano uma verdadeira catástrofe devido às altas temperaturas, com rios secando, queimadas e, muito, calor. Se existe inferno, estaremos na ante-sala dele!
 
 
Corpo de Bombeiros
 
 
 
Por falar em seca, o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, Nivaldo Ferreira(foto), esteve participando, na última segunda-feira(17), do Programa Conexão Rondoniaovivo, apresentado pelo jornalista Ivan Frazão. Um dos pontos que chamou a atenção na conversa foi quando ele afirmou que tem conversado com prefeitos e outras autoridades dos municípios no interior do Estado sobre a situação de perigo que todos corremos com a forte estiagem que deve se intensificar em Rondônia. “Tem muitos que dizem não acreditar em mudanças climáticas e que essas coisas não vão acontecer”, contou. Meus amigos, durmam com um barulho desses! Veja aqui a entrevista
Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Armando em Seringueiras?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ouro Preto do Oeste tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS