PROTEÇÃO: Novo aumento de casos e a não obrigação das máscaras em Rondônia

Escolas tem enfrentado o afastamento de professores como resposta ao atual decreto

PROTEÇÃO: Novo aumento de casos e a não obrigação das máscaras em Rondônia

Foto: Divulgação

 

Professores da rede estadual de ensino tem se preocupado com um detalhe do atual decreto: o uso facultativo de máscaras. 
 
 
Apenas na Escola Estadual 4 de Janeiro, localizada na zona Leste de Porto Velho, nesta semana quatro dos 21 professores foram afastados por Covid e outros 3 estão com sintomas gripais. Fora disso, ainda há muitos alunos que também tem apresentado alguns sintomas. 
 
 
“Não se pode fazer nada, não pode parar, não pode obrigar os alunos a usar as máscaras! Por falta de decreto”, comenta uma professora que não quis se identificar ao Rondoniaovivo. 
 
 
Tal cenário preocupa diante do atual decreto estadual, editado pela última vez em abril deste ano, que desobriga o uso de máscaras em locais fechados. O último decreto municipal também deixa o uso item como optativo em locais fechados. 
 
 
A aflição não vem à toa, pois apenas nas últimas 24 horas foram registrados 88 casos de Covid-19 confirmados em todo o estado, sendo 23 deles apenas na capital. O número de internações também subiu: são 18, sendo 17 em rede estadual e uma em rede municipal. 
 
 
Procuramos a Prefeitura de Porto Velho, Governo do Estado e o Sintero (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Rondônia), mas até o momento não recebemos nenhuma resposta.
 
 
O jornal eletrônico vai garantir o espaço e a atualização deste texto assim que alguma das instituições citadas enviarem algum posicionamento.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

E M M M de Barros

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS