DESABAFO: PRF diz que bloqueios não são responsabilidade apenas dela

Corporação aponta que responsabilidade envolve poderes Executivos, Legislativo e Judiciário

DESABAFO: PRF diz que bloqueios não são responsabilidade apenas dela

Foto: Divulgação

 

Estamos vivendo algo inédito no Brasil. As atuais manifestações são muito diferentes do que as forças de segurança observaram em tempos passados.
 
 
Uma das principais lições na área de gestão de crises é que eventos críticos não aceitam improvisos. Isso foi aprendido, durante anos, analisando falhas nas quais recursos e vidas foram perdidos. 
 
 
A PRF está atuando, dentro de sua área de competência, desde o dia 31 de outubro, para buscar soluções dentro da legalidade, mas esse problema não é apenas da PRF.
 
 
O bloqueio de rodovias federais envolve diversos órgãos dos poderes executivos (União, Estado e Municípios), Legislativo (similar) e Judiciário, desta forma, existe a necessidade de um conjunto de forças para propor uma solução.
 
 
As demandas sociais são ilimitadas porém, os recursos disponíveis são limitados. É impossível ocupar mais de 1000 Km (apenas de BR 364), 24 horas por dia, 7 dias por semana.
 
 
Diariamente, alimentamos o Poder Judiciário e o Ministério Público com informações para que ações em outras áreas sejam efetivadas, mas isso também leva tempo.
 
 
Os prejuízos à sociedade rondoniense são visíveis, após quase 20 dias de manifestações e incertezas e temos interesse no retorno da normaldade, tanto quanto qualquer cidadão, empresa ou órgão. Agora, a atuação da administração p´blica é regida por leis e só podemos fazer aquilo que nos é permitido, dentro da nossa esfera de competência.
 
 
Estamos trabalhando diariamente e não vamos parar até que a normalidade se reestabeleça.
Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS