DEZEMBRO LARANJA: Porto Velho alerta para cuidados e prevenção ao câncer de pele

Especialista fala da atenção diária e tratamento

DEZEMBRO LARANJA: Porto Velho alerta para cuidados e prevenção ao câncer de pele

Foto: Divulgação

Os cuidados para uma pele saudável devem fazer parte do estilo de vida de todos os moradores. Diante disso, a Prefeitura de Porto Velho adere ao “Dezembro Laranja”, campanha nacional de prevenção ao câncer da pele realizada desde 2014, pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).
 
A campanha tem como objetivo alertar a população sobre a importância do diagnóstico, do tratamento precoce e dos cuidados a serem incorporados na rotina diária para evitar a doença, além das opções terapêuticas disponíveis na rede pública de saúde.
 
Com cerca de 180 mil novos casos ao ano, o câncer da pele é o tipo de neoplasia mais incidente no Brasil. Entretanto, se descoberto logo no início, tem mais de 90% de chances de cura. Em razão disso, os cuidados e esforços devem ser redobrados. É preciso que a população fique atenta aos sinais e sintomas para buscar ajuda profissional o quanto antes.
 
O médico Tiago Ezequiel Barnabé afirma que a pele deve ser protegida todos os dias e que a população deve criar o hábito de utilizar o protetor solar diariamente.
 
 
“Um produto com Fator de Proteção Solar (FPS) 30 já está bom, se utilizado da forma correta. Aplicar somente uma vez pela manhã ao sair de casa está errado. O correto é aplicá-lo a cada 3 horas, pelo menos de 10 a 15 minutos antes da pessoa se expor ao sol, para que seja eficaz”, explicou.
 
Ainda sobre os cuidados com a pele, o médico explica que o protetor solar deve ser apropriado para cada tipo de pele, seja ela seca, oleosa ou mista. Em relação ao FPS dos produtos, eles variam de 5 a 100. “Câncer da pele é algo muito desagradável e o tratamento pode ser difícil, dependendo da região”, alerta o médico.
 
SINTOMAS
 
Além dos cuidados, a população deve ficar atenta a qualquer possível lesão na pele. “As lesões mais suspeitas são aquelas que apresentam feridas simples e que demoram muito a sarar ou que nunca saram”, explica o médico.
 
É preciso cuidado também com as manchas escuras ou amarronzadas na pele, aquelas que crescem muito ou mudam rapidamente e se transformam em feridas. “Nesses casos, deve-se procurar o especialista o mais rápido possível”, aconselha.
 
TRATAMENTO
 
No caso de alguma lesão, mancha ou ferida estranha na pele, a orientação do médico é para que o paciente procure uma unidade de saúde mais próxima de sua casa para uma consulta médica e avaliação. “O médico vai avaliar as lesões e, provavelmente, encaminhá-lo para um especialista. Temos profissionais capacitados na Policlínica Rafael Vaz e Silva e no Centro de Especialidades Médicas (CEM)”, finaliza.
Direito ao esquecimento

Você concorda que os vereadores de Porto Velho continuem atuando online, mesmo com a queda nos casos de covid-19?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

West Maq

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS