RELATOS: Memorial para as vítimas da covid-19 tem ajudado a confortar familiares

RELATOS: Memorial para as vítimas da covid-19 tem ajudado a confortar familiares

Foto: Divulgação

 

A pandemia provocada pela covid-19 tem feito vítimas todos os dias, no Brasil e no mundo. Para tentar amenizar um pouco da dor de quem perdeu uma pessoa amada, o Rondoniaovivo criou o Memorial Vítimas da Covid-19, há pouco mais de cinco meses. 
 
 
O espaço foi criado com objetivo de homenagear cada uma dessas pessoas e gerar acolhimento às vítimas da pandemia. Nele, há mais de 330 homenagens.
 
Para fazer uma homenagem e ver quem já foi homenageado, basta acessar o link: https://rondoniaovivo.com/memorial/inicial/
 
São sorrisos, memórias, lembranças, histórias e demonstrações de afeto que merecem ser eternizadas, principalmente, para quem perdeu os familiares, amigos e conhecidos. 
 
Saudades eternas 
 
Uma das histórias que chamaram bastante a atenção, foi da internauta Maria das Dores Brito e da Aline Katia de Araújo, que perderam pessoas queridas da família. A reportagem entrou em contato com as duas, que contaram um pouco sobre esse sentimento. 
 
Moradora de Porto Velho (RO), Maria das Dores, perdeu o filho Gabriel Lorenzo, que tinha apenas 21 anos e foi vítima da doença.
 
Gabriel Lorenzo e sua mãe, Maria das Dores
 
"A ausência dele ainda dói bastante, sinto muita falta. Ele era tudo pra mim e tinha o coração bondoso, sempre buscava ajudar o próximo. Com ele eu não tinha medo, não tinha nada, ele era a minha luz", comentou. 
 
Gabriel em um dos projetos sociais
 
A mãe de Gabriel, também fez um desabafo e agradecimento ao lembrar dele. "Só tenho a agradecer a Deus por ser mãe dele, ele só me deu orgulho. Era carinhoso, amoroso e deixava isso claro todos os dias. Aquelas palavras, aquele abraço, é muito difícil viver sem ele, ele era só amor... O que peço é que quem tem filho, ame e cuide, por que quando eles se vão é uma dor inexplicável", desabafou Maria. 
 
Dia do seu sepultamento
 
Maria das Dores, comentou que o que conforta um pouco ela, é saber o quanto ele era uma boa pessoa e a certeza, que ele está em bom lugar. "No dia do sepultamento dele, apareceu uma luz bem forte vindo do céu. Eu sei que era o meu filho", disse ela.
 
Lembranças
 
Katia de Araújo, que perdeu a tia, Maria Aleluia de Carvalho, relembrou um pouco da história e dos momentos vivenciados com ela. 
 
Maria Aleluia de Carvalho
 
 
 
"Ela era uma pessoa extraordinária, uma grande mulher... Minha tia ia na minha casa todos os dias, conversava muito comigo, me entendia e sempre esteve ao meu lado em todos os momentos. Acredito que ela está em um plano espiritual muito bom, pois, ela era um ser de luz. Agora só saudades", disse
 
 
Casos
 
Segundo o painel covid, em Rondônia, o número de óbitos por covid-19 ultrapassa a marca de 6.500 mortos. Somente em Porto Velho, o número chega a 2.510 mortes, colocando a capital com a maior quantidade de óbitos no Estado.
Direito ao esquecimento

Em qual supermercado você prefere fazer suas compras?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS