LIVRE, LEVE E SOLTO: Aprovando Leis e indicações, Lebrão volta com tudo a ALE/RO

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Flori Júnior, era para Lebrão ter sido preso

LIVRE, LEVE E SOLTO: Aprovando Leis e indicações, Lebrão volta com tudo a ALE/RO

Foto: Divulgação

O deputado José Lebrão (MDB), filmado pela Polícia Federal recebendo dinheiro que seria destinado ao serviço de coleta de lixo em cidades do interior do Estado, ao que tudo indica já não se importa mais com vexaminosa cena protagonizada. 
 
Após ter seus pedidos de cassação de mandato arquivados na ALE/RO, o deputado que nunca concedeu uma entrevista à impressa para dar sua versão sobre o que aconteceu, voltou disposto a recuperar o tempo perdido, já que havia passado os últimos meses ‘atrás da moita’, dando jus ao seu apelido. 
 
Lebrão vem apresentando indicações, fazendo visitas e aprovando leis, ou seja, desempenhando sua função de deputado estadual.
 
Entre os projetos de lei aprovados está a que prioriza a instalação de painéis de energia solar nas áreas planas das hidrelétricas do Estado. 
 
“Era para estar preso”
 
De acordo com o delegado da Polícia Federal, Flori Júnior, que coordenou a operação Reciclagem, José Lebrão apenas não foi preso porque goza do direito do Foro Privilegiado. 
 
Ele foi flagrado colocando dinheiro que já havia sido numerado pela PF dentro de uma sacola, após ter conversado com um empresário dentro de um escritório na cidade de Ji-Paraná. No relatório da PF, Lebrão teria inclusive utilizado um veiculo da ALE/RO para ir até o local. 
 
A filha de Lebrão, prefeita de São Francisco do Guaporé, Gislaine Lebrinha, foi presa e teve dinheiro de corrupção numerado pela PF encontrado no forro da cozinha de sua residência.
 
Mesmo assim, ao que tudo indica, não há qualquer constrangimento ou problema para que Lebrão siga livre, leve e solto, como se absolutamente nada tivesse acontecido. 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS