VACINA COVID: Porto Velho antecipou 2ª dose somente para profissionais de educação

Prefeitura diz não ter previsão de quando um novo grupo será enquadrado na antecipação

VACINA COVID: Porto Velho antecipou 2ª dose somente para profissionais de educação

Foto: Divulgação

O governo de Rondônia autorizou a antecipação da aplicação da segunda dose das vacinas da AstraZeneca e Pfizer em todo o Estado. Na capital, o intervalo já teve redução e algumas pessoas já tomaram a segunda antes dos 90 dias, prazo estipulado anteriormente.
 
De acordo com uma Nota Técnica elaborada pelo Gabinete de Articulação para Enfrentamento da Pandemia na Educação em Rondônia (Gaepe), quem tomou a vacina da AstraZeneca e já completou 45 dias,  pode retornar para tomar a segunda dose.  Já quem tomou a vacina da Pfizer, deve retornar em 60 dias. Antes os reforços tinham que ser tomados depois três meses.
 
Após o anúncio de antecipação da imunização, diversas pessoas que já tomaram a primeira dose do imunizante, já procuraram os postos de vacinação para receber a dose de reforço. Mas a aplicação foi negada.
 
Isso porque, a prefeitura da capital antecipou a segunda dose, somente para os profissionais de educação, neste momento. 
 
Em reposta a reportagem, a secretaria Municipal de Saúde (Semusa) afirmou que não tem previsão de antecipação de segunda dose para outro grupo. 
 
Segundo a pasta, o avanço da imunização em toda a população depende das remessas de imunizantes enviadas pelo Ministério da Saúde, aos estados.
 
A segunda dose para o público em geral acontece no Centro Universitário São Lucas, localizado Rua João Goulart, 666, bairro Mato Grosso. 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS