PARALISAÇÃO: PM emite nota dizendo esperar que impasse se resolva o mais breve possível

Sobre a reunião da última sexta-feira o comando informou que não foi chamado e por isso não se manifestará

PARALISAÇÃO: PM emite nota dizendo esperar que impasse se resolva o mais breve possível

Foto: Divulgação

Na data de ontem, o Comando da Corporação se reuniu com o Procurador Geral do Ministério Público, Dr. Ivanildo de Oliveira, com o Procurador do Tribunal de Contas do Estado e demais Promotores de Justiça, onde foi apresentada a viabilidade do Governo do Estado em conceder melhoria salarial a classe policial militar.

 

Devido aos estudos apresentados pelo Comando-Geral e seu staff a aquele colégio de promotores, houve o entendimento de se fazer uma reunião na próxima segunda-feira, 14 de junho, onde será chamada a equipe econômica do Governo, sendo um representante da Procuradoria Geral do Estado, da Secretaria de Estado de Finanças (Sefin), da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog) e também da Superintendência Estadual de Gestão dos Gastos Públicos Administrativos (Sugesp), onde será debatido o estudo apresentado na última sexta-feira e ouvido a contrapartida do Estado.

 

Quanto a reunião ocorrida no Palácio do Governo que redundou no fechamento do quartel do 5º BPM e 8º BPM, os dois fechamentos não trouxeram prejuízos consideráveis na promoção da segurança pública nas localidades, uma vez que na capital o 1º BPM, o 9º BPM, o Batalhão de Polícia de Choque e as Forças Táticas, supriram a deficiência.

 

E em Jaru, o 7º BPM do Município de Ariquemes supriu a necessidade de policiamento na localidade. E ao final do movimento, quem agiu em desacordo com a lei, terá que se explicar perante a mesma.

 

Quanto a assembleia realizada pelas associações, no CPA, na sexta-feira, o Comando da Corporação não foi convidado, portanto não se manifestará a respeito do que foi tratado naquela ocasião.

 

O comando da Polícia Militar de Rondônia reitera sua confiança no Governador do Estado e temos a certeza que se resolverá esse impasse no mais curto prazo, sem prejuízos para a sociedade rondoniense.

 

 

COMANDO DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE RONDÔNIA

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS