PRATO FÁCIL: Governo lança programa de venda de comida a R$ 2,00 em PVH; saiba como funciona

Governo credenciou seis restaurantes distribuídos pelas zonas Leste, Central e Sul

PRATO FÁCIL: Governo lança programa de venda de comida a R$ 2,00 em PVH; saiba como funciona

Foto: William Ferreira/Rondoniaovivo

O Governo de Rondônia anunciou, na manhã desta terça-feira (11), em coletiva de imprensa no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho, o novo programa social para a população portovelhense. Trata-se do programa Prato Fácil, de alimentação diária, que já tem data para começar operar: próxima segunda-feira (17).
 
Segundo a secretária da Assistência Social, Luana Rocha, o programa vai distribuir mais de 1.500 refeições por dia. Ela explicou que no momento o programa atende somente a capital.
 
Foram credenciados seis restaurantes. A comida vai ser vendida pelo preço de R$ 2,00. 
 
Zona Leste:  Restaurante e Churrascaria do Gaucho (Av. José Vieira Caúla, 6116, Cuniã); Restaurante Portal Eventos (BR-364, KM 5); o terceiro restaurante não foi divulgado.
 
Zona Central: Restaurante Vista do Madeira (Travessa Belizário Pena, 191, Triângulo); Restaurante e Café SempreBom (Av. Campos Sales, 2645, Centro).
 
Zona Sul: Restaurante Norte Sul (Rua da Beira, esquina com Av. Rio Madeira, 6191, Sala 05, Lagoa).
 
Como funciona
 
Para ter direito as refeições diárias, a pessoa tem que se cadastrar no sistema CadÚnico e passar por uma análise de comprovação de vulnerabilidade social. Os beneficiários devem receber até três salários-mínimos para ser aprovado no sistema.
 
O cadastramento deve ser feito em alguma unidade do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Cras).
 
Constatada a situação, a pessoa já pode procurar um dos restaurantes e solicitar a refeição no valor de R$ 2,00. Segundo a secretária, o almoço ainda vem acompanhada de suco. 
 
Vale destacar que o programa só dá direito a uma refeição por dia, além de ter que comprovar no ato da compra, o cadastro no CadÚnico com documentos oficiais. O programa beneficiará todas as pessoas da família, desde as crianças aos pais, mas todos aprovados pelo sistema de vulnerabilidade social.
 
11h às 15h
 
Segundo o Governo, todos restaurantes passaram por um treinamento para conseguirem se credenciar e oferecer as refeições à população. Os estabelecimentos funcionarão de segunda a sexta, a partis das 11h até às 15h, e nos feriados, fica a critério de cada proprietário se abre ou não.
 
O programa Prato Fácil é semelhante ao antigo restaurante popular, que tinha uma unidade localizada na zona Leste, da capital. A comida era vendida a R$ 1,00. Em 2018 o restaurante foi fechado para reforma e nunca mais reabriu. O prédio se encontra abandonado.
 
Segundo o governador Marcos Rocha (sem partido), o governo estadual tem planos para levar o programa para o interior. O programa foi baseado no Bolsa Família para atender a todas pessoas em vulnerabilidade social.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS