NOVA CEPA?: Rondônia é o segundo estado em mortes de adultos por COVID-19 no Brasil

Esse registro percentual só deixou Rondônia atrás do estado do Amazonas

NOVA CEPA?: Rondônia é o segundo estado em mortes de adultos por COVID-19 no Brasil

Foto: Divulgação

Um dado apontado pelo Ministério da Saúde alertou para uma nova fase da pandemia a partir de 2021, o aumento das mortes de infectados na fase adulta da vida de 0 a 60 anos de idade. 
 
Em todo o país, no último mês de janeiro, um a cada quatro mortos por COVID-19 no último mês de janeiro está nessa faixa etária. 
 
No estado de Rondônia, o registro de mortos com idade abaixo de 60 anos, no primeiro mês de 2021, foi de 37% do total. Esse registro percentual só deixou Rondônia atrás do estado do Amazonas, onde 40,4% dos mortos tinham até 60 anos de idade. 
 
Ou seja, em dados percentuais o estado de Rondônia é o segundo no país em numero de mortes de pessoas fora do considerado grupo de risco etário. 
 
Mortes avançam
 
 
Em Porto Velho, capital do Estado, foi perceptível o aumento das mortes de pessoas entre 20, 30 e 40 anos de idade. 
 
A variante do vírus e o sistema de Saúde precário em toda a região Norte do país favorecem para esses dados, isso de acordo com o Infectologista Jaques Sztajnbok.
 
“Existem alguns fatores de risco para a letalidade, a idade é um deles. Quando começa a morrer muito jovem, entendemos que é uma parcela que não precisaria estar morrendo. Isso acontece porque as condições ideais de assistência não estavam disponíveis”, diz Jaques Sztajnbok.
 
Rondônia segue com todos os seus municípios integrando a Fase 1 do plano de contingenciamento do COVID-19, onde é proibido o consumo de bebidas alcóolicas na rua e apenas o funcionamento de 30% da capacidade do comércio, entre outras medidas restritivas e sanitárias. 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS