ESPAÇO ABERTO: Prefeitura vai investigar suspeita de fura-fila de vacinação da CoronaVac

Confira a coluna de Cícero Moura

ESPAÇO ABERTO: Prefeitura vai investigar suspeita de fura-fila de vacinação da CoronaVac

Foto: Divulgação

MAU EXEMPLO
 
Em alguns lugares do Brasil várias pessoas “sem noção” furaram a fila da vacinação contra o novo coranvírus. Sujeitos que olham somente para o próprio umbigo e esquecem das pessoas que são prioridade e que correm sério risco de vida caso venham contrair o vírus.
 
LIMITADO
 
O lote inicial distribuído para todos os estados brasileiros, conforme as respectivas densidades demográficas, não é suficiente sequer para imunizar o grupo prioritário. Isso obriga uma série de critérios para que um cidadão seja imunizado. 
 
SUSPEITA
 
Em Porto Velho, o diretor da Unidade de Pronto Atendimento da zona Leste – UPA Leste, está sendo alvo de um processo investigatório aberto pela Procuradoria Geral do Município – PGM. 
 
PROCESSO
 
O procurador geral de Porto Velho, José Storer, determinou abertura de um processo apuratório para verificar a denúncia de que Luciano de Lima Martins, diretor da UPA Leste, tenha se vacinado mesmo não estando na fila dos prioritários. 
 
NÃO É DA LINHA DE FRENTE
 
Entre as determinações do Ministério da Saúde, os profissionais de Saúde, agentes administrativas e outros prestadores de serviço que não estão lidando diretamente com os infectados terão de aguardar as próximas remessas do imunizante.
 
INSÍDIA
 
O prefeito Hildon Chaves não tomou a vacina por não fazer parte do grupo prioritário e ficou surpreso ao ver as notícias sobre a vacinação do diretor da UPA Leste. Mandou investigar.
 
DEMISSÃO
 
A comissão montada pelo Procurador Geral tem o prazo de 60 dias para apresentar um relatório sobre essa denúncia, que se for confirmada, pode culminar na exoneração do servidor comissionado.
 
DEMAGOGIA
 
O político populista tão condenado por Jair Bolsonaro foi personificado nessa imagem do governador Marcos Rocha e do secretário estadual de Saúde, Fernando Máximo, carregando uma caixa de isopor com doses da CoronaVac no interior de Rondônia.
 
CPI DA ENERGISA
 
Onde existe a certeza da impunidade, pouco adianta pressionar ou ameaçar com ação judicial quem não cumpre com o que é de direito. Diferente do que a população poderia imaginar, a CPI da Energisa ficou mais na badalação e holofotes do que em ação realmente efetiva.
 
ABANDONO
 
Um exemplo do descaso é o problema envolvendo mais de 20 famílias que tiveram que abandonar suas obras em um condomínio chacareiro localizado na Linha 130, Kapa 152, a cerca de 05 quilômetros do perímetro urbano de Vilhena, por atraso na ligação elétrica por parte da Energisa, que já dura quase três meses.
 
INVESTIMENTO
 
Apesar de todos os gastos para a construção da rede de forma totalmente particular, as famílias que deram início às construções de suas residências tiveram que parar as obras e estão perdendo material.
 
REDE
 
As famílias afirmam que solicitaram o desligamento da rede principal para que pudessem ligar à rede do condomínio em outubro de 2020, mas nada teria sido feito pela fornecedora.
 
INDEFERIMENTO
 
Várias solicitações online teriam sido indeferidas pela Energisa, que estaria sempre dando uma justificativa diferente para não realizar o serviço.
 
OUTRO LADO
 
A assessoria de imprensa da Energisa prometeu enviar uma nota sobre o caso.
 
BALANÇOS
 
A temporada de balanços do quarto trimestre de 2020 já vai começar. Quem abre a temporada é a Cielo, que anuncia seus números na próxima semana, dia 26.
 
SEM CARNAVAL 
 
O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, decidiu suspender o carnaval fora de época que havia sido planejado para julho. A criação de um carnaval anual no
início do segundo semestre foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e sancionada pelo governador em exercício, Claudio Castro.
 
SEM ACORDO 
 
A Vale e o governo de Minas Gerais não chegaram a um acordo global sobre reparações pelo desastre de Brumadinho e as negociações estão encerradas, disse hoje o secretário-geral da administração estadual, Mateus Simões. 
 
OPORTUNIDADE 
 
Começar 2021 com um estágio é o sonho de muitos estudantes em todo o Brasil. A boa notícia é que início do ano costuma ser o melhor período para encontrar uma nova oportunidade. O Núcleo Brasileiro de Estágios espera disponibilizar 42.800 vagas entre janeiro e março.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS