BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

MERCADO CULTURAL: Primeira Feira Novembro Negro acontecerá neste domingo (29)

Haverá uma série de atividades culturais e vende de artesanatos com a temática negra

RONDONIAOVIVO

28 de Novembro de 2020 às 08:39

Atualizada em : 29 de Novembro de 2020 às 11:57

Foto: Divulgação

 

Porto Velho recebe no próximo domingo, dia 29, no Mercado Cultural, a primeira Feira Novembro Negro, em alusão ao Dia da Consciência Negra, com o objetivo de promover justiça social através do afro empreendedorismo.

 

O evento contará com um variado número de expositores para a venda de produtos manuais e artesanais, atrações culturais e rodas de conversa de trocas de experiência. O núcleo de questões étnicos raciais da Associação de Mulheres Filhas do Boto Nunca Mais, em parceria com a Funcultural e várias outras iniciativas privadas promovem o projeto que marca o final do mês que muito se discutiu racismo, inclusão, anti racismo, resgate histórico, equidade e igualdade.

 

A intenção é promover economicamente e culturalmente o tema, saindo do âmbito virtual e gerando empoderamento para os Afro-empreendedores(as) de nossa capital. Será uma linda   homenagem que trará um pedacinho de nossa Bahia e da mãe África para dentro do mercado cultural.

 

A associação apresenta alguns dados que mostram a importância de atividades afirmativas que possam promover essa integração e empoderamento: a população preta do país recebe menos que os brancos e é maioria nos setores da economia com baixa remuneração.

 

Pretos e pardos são maioria em setores com remuneração mais baixa: agropecuária (60,8%), construção civil (63 %) e serviços domésticos (65,9%). Essas eram as atividades que tinham menores rendimentos médios em 2017.

 

Mesmo quando têm nível de escolaridade equivalente ao de brancos, negros costumam receber salários menores: para quem têm ensino superior, as médias, em 2017, foram de R$ 31,9 e R$ 22,30, por hora, respectivamente. A diferença representa uma queda de 43,2%. Esses dados que podem ser encontrados no site do IBGE.

 

Os organizadores afirmam que o Dia de Promoção de Igualdade é todo dia, mas no próximo domingo, convidam a população de Porto Velho, para fazer parte desse grande banzeiro de arte e beleza.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS