BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

NÍVEL SUPERIOR: Mulheres empreendedoras ganham menos que homens, mas diferença diminuiu

Sebrae lança espaço exclusivo em seu portal, para orientar mulheres donas de negócio ou que pretendem abrir a própria empresa

ASSESSORIA

09 de Março de 2020 às 11:46

Foto: Divulgação

Estudo realizado pelo Sebrae, a partir de cruzamento de pesquisas sobre o empreendedorismo, mostra que, no primeiro trimestre de 2019, o rendimento médio dos homens supera o das mulheres em todos os níveis de escolaridade, mas a diferença de remuneração diminui à medida que as mulheres alcançam o nível superior.

 

No nível de escolaridade “ensino superior”, os homens têm um rendimento 36% maior do que as mulheres. Enquanto eles recebem R$ 5.228, as mulheres têm um rendimento médio de R$ 3.840. Comparando o nível de escolaridade “ensino médio”, a diferença é a maior entre todas as faixas, pois os homens chegam a ganhar 53% a mais que as mulheres, sendo um rendimento médio para elas em torno de R$ 1.586 e para eles de R$ 2.421.

 

Já no ensino fundamental, os homens têm um rendimento médio de R$1.638, enquanto as mulheres recebem R$1.102, ou seja, eles ganham 49% a mais. Por fim, para os empreendedores “Sem Instrução”, a diferença de rendimentos ficou em 28%. Nesta faixa, os homens receberam em média R$ 827 e as mulheres tiveram uma remuneração de R$ 647.

 

Para o presidente do Sebrae, Carlos Melles, as questões culturais são encaradas como um dos principais desafios para mulheres no ambiente dos negócios. “Quando homens e mulheres superarem as crenças limitantes e os estereótipos culturais, equiparando responsabilidades em casa e na empresa, as empreendedoras terão mais chances de prosperar não só nas empresas, mas em suas vidas em sociedade”, destacou.

 

Mulheres em Destaque

 

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Sebrae preparou para o mês de março uma série de atividades para destacar a força da mulher empreendedora. Um dos destaques é o lançamento de um espaço exclusivo dentro do Portal Sebrae para o empreendedorismo feminino.

 

Além de inspirar mulheres a empreender de forma sustentável, a nova página vai funcionar como uma porta de entrada para os serviços e soluções oferecidos pelo Sebrae. São diversos conteúdos, como artigos sobre empreendedorismo feminino, dicas e informações sobre os projetos do Sebrae voltados para mulheres que sonham em empreender ou já possuem uma empresa. O espaço também vai incentivar mulheres a compartilhar histórias de superação no mundo dos negócios.

 

De acordo com coordenadora nacional de projetos de empreendedorismo feminino do Sebrae, Renata Malheiros, a criação da página foi pensada justamente para reforçar a importância de políticas de sensibilização e de tomada de consciência para mulheres. “As mulheres enfrentam mais desafios para se tornarem donas de seus próprios negócios e há muito desconhecimento das dificuldades enfrentadas. Existe uma questão cultural que influencia muito e é preciso reforçar constantemente esse discurso que as mulheres são capazes de empreender”, destacou.

 

Em Rondônia acontece este mês em todas as unidades regionais uma grande programação dedicada especialmente às mulheres empreendedoras. Desde a proposta do Dona da Conta Toda, uma qualificação que visa o empoderamento das Mulheres Empreendedoras para uma autoestima financeira fortalecida e também sua autonomia para planejar e gerir as finanças dos seus negócios até demais soluções de gestão, técnicas de vendas, consultorias entre tantas dentro do amplo portfólio do Sebrae em Rondônia.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS