BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CONJUNTO HABITACIONAL: Residenciais Porto Madero 5 e Porto Fino já tem previsão de entrega

Segundo a Semur, a Caixa Econômica Federal prevê a entrega entre os meses de janeiro e abril

Assessoria

27 de Novembro de 2018 às 15:04

Foto: Assessoria

A Prefeitura Municipal de Porto Velho informa que os empreendimentos habitacionais Porto Fino e Porto Madero 5 serão entregues entre os meses de janeiro e abril de 2019. Já em relação ao Porto Bello 1 e Porto Madero 2, a Caixa Econômica Federal (CEF) está realizando a licitação para a contratação de empresas que finalizarão as obras. A Secretaria Municipal de Regularização Fundiária, Habitação e Urbanismo (Semur) tem acompanhado, também, o andamento da construção do residencial Porto Bello III, no intuito de agilizar a conclusão das etapas. 


De acordo com Márcia Luna, secretária da Semur, a Prefeitura também atuou em parceria na pré-seleção e identificação das famílias, indicando ao Governo do Estado, os moradores em áreas de riscos, às margens de canais para os empreendimentos Porto Fino e Porto Madero V. Desde julho deste ano, foi realizada ainda atualização dos dados cadastrais dos candidatos e toda a documentação dos candidatos do Porto Madero V já foi enviada à CEF e está em análise. A Semur está concluindo a atualização cadastral dos candidatos do Porto Fino.

 

Em relação aos empreendimentos Porto Bello 1 e Porto Madero 2, a licitação para a contratação de empresas que darão continuidade às obras está sendo realizado. A secretária da Semur destaca que a pasta continuará fazendo a interlocução entre a Caixa e os beneficiários, para mantê-los informados sobre o andamento das obras e os procedimentos que antecedem a entrega das unidades.

 

 

Trabalho Social

 

Márcia Luna ainda ressalta que, além das doações das áreas para a construção das unidades habitacionais, a Prefeitura elabora e executa o Projeto de Trabalho Social atendendo às famílias beneficiárias, após a etapa de ocupação, realizando atividade de formação e informação com os mais diversos temas, com oficinas e palestras, contemplando jovens, mulheres, idosos e pessoas com deficiência.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS