BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Agentes penitenciários evitam fuga em massa e rebelião

Agentes penitenciários evitam fuga em massa e rebelião

Da Redação

22 de Julho de 2015 às 09:52

Foto: Divulgação

 Nesta terça-feira, dia 21 de julho, os Agentes Penitenciários de Pimenta Bueno conseguiram evitar uma possível fuga em massa e conter os

apenados da Casa de Detenção que deram início a um tumulto após uma varredura nas celas.

Segundo a direção do presídio, era por volta das 00h 30min desta terça-feira, quando um dos apenados cortou uma barra da grade da cela de triagem, onde evadiu da mesma, foi até a cela ao lado e estava serrando outra barra para libertar mais três detentos, momento em que o infrator foi surpreendido pelos agentes de plantão.

Diante disso, os agentes penitenciários aplicaram uma medida disciplinar nos apenados envolvidos e iniciaram uma varredura nas celas a fim de encontrar outras ferramentas que pudessem ser utilizadas para cortar as grades.

Os agentes acreditam que o plano dos detentos era render os plantonistas e libertar cerca de 120 apenados do regime fechado.

Frustrados, com a ação dos Agentes Penitenciários, e incomodados com a varredura, parte dos detentos deram início a um tumulto.

Todos os Agentes Penitenciários de folga foram acionados para auxiliar nos trabalhos de retomada da ordem, a Polícia Militar foi acionada e contribui ativamente na ação.

O juiz de direito Luiz Antônio Sanada Rocha compareceu ao local e autorizou a entrada da Polícia Militar no presídio bem como a ação de repressão ao tumulto.

A Polícia Militar e os Agentes Penitenciários estudaram em conjunto a melhor estratégia a ser seguida; Em conjunto e de forma simultânea adentraram no pavilhão fechado dando início a ação.

Tiros de advertência com munição não letal foram disparados no intuito de intimidar a ação dos mais exaltados.

Uma UR do Corpo de Bombeiros ficou a disposição para tender os possíveis feridos.

Apesar de todo o transtorno, os ânimos foram acalmados sem maiores consequências, ninguém se feriu na ação, tanto os policiais, Agentes Penitenciários e apenados tiveram sua integridade física mantida.

Durante a varredura foram encontrados diversos objetos proibidos nas celas, como, serrinhas, chips de celulares e outros.

Um fator importante a destacar e que leva a crer que a ação de tentativa de fuga foi coletivamente planejada é que os quatro apenados que estavam nas celas de triagem haviam solicitado que fossem colocados nas referidas celas alegando que estavam sendo ameaçados pelos outros presos.

Segundo informações alguns apenados foram transferidos para outras penitenciárias no estado.

Vale destacar que em apenas um mês esta é a terceira tentativa de fuga, em outra ocasião os apenados tentaram abrir um buraco na laje, até um túnel chegou ser iniciado, porém, todas as tentativas foram frustradas pelo eficiente trabalho dos agentes de Pimenta Bueno.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS