BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Lixão do município será desativado

O serviço faz parte do convênio entre a prefeitura de Jaru e o Consórcio, que é responsável pelo aterro sanitário, localizado em Ariquemes.

Da Redação

03 de Fevereiro de 2015 às 11:17

Foto: Divulgação

Agora é em definitivo. O lixão de Jaru será desativado. Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), a partir de 16 fevereiro, o Consórcio Intermunicipal de Saneamento da Região Central de Rondônia (Sisan Central/RO) estará apto para receber todo lixo fabricado pelos jaruenses.

O serviço faz parte do convênio entre a prefeitura de Jaru e o Consórcio, que é responsável pelo aterro sanitário, localizado em Ariquemes.

De acordo com o secretário da Semma, Chiquinho da Emater, já se encontra em fase de contratação da empresa especializada no transporte do lixo, com caminhão especifico e contêiner. “Acredito que até o mês de abril já estaremos levando nosso lixo para Ariquemes”, informou.

O município de Jaru produz cerca de 40 toneladas de lixo por dia.  O objetivo da Semma é retirar de Jaru somente o lixo orgânico. “Queremos que todo material reciclável seja separado e destinado à associação de catadores. Desta forma, faremos um grande avanço para o meio ambiente”, destacou.

A secretaria trabalha firme na conscientização dos moradores em separar o lixo orgânico do reciclável. “A população vem se mostrando muito consciente. Exemplo disso foi no final de ano, na decoração natalina, quando retiramos mais de 320 mil garrafas pets de circulação. Muita gente colaborou”, lembrou Chiquinho.

O local onde hoje funciona o lixão de Jaru, depois que for desativado, será totalmente revitalizado. A expectativa é que isso ocorra ainda esse ano.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS