BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Último dia do 3º Festival da Casa Própria movimenta mercado imobiliário de Porto Velho

Último dia do 3º Festival da Casa Própria movimenta mercado imobiliário de Porto Velho

Da Redação

10 de Junho de 2013 às 14:17

Foto: Divulgação

Foram três dias de intenso movimento no 3º Festival da Casa Própria realizado no Bingool Eventos, em Porto Velho nos dias 7, 8 e 9 de junho.Para a maioria das empresas envolvidas o evento foi um sucesso, superou os números do festival de 2012 e registrou recorde em negócios fechados. 
Desde a sexta-feira, primeiro dia do festival, centenas de pessoas puderam visitar os expositores que ofereciam oportunidades de negócios que chamavam a atenção pela variedade de produtos como casas, lotes e apartamentos em condomínios fechados ou não, imóveis prontos, imóveis em fase de construção e também na planta. Tudo com juros reduzidos e oportunidades únicas de financiamentos que prometiam parcelas iniciais para 2014, serviços estes oferecidos pela grande parceira do 3º Festival da Casa Própria, Caixa Econômica Federal.
Com expectativas de vendas superadas, a Bairro Novo, uma das principais participantes do 3º Festival da Casa Própria, chamou a atenção do público visitante com grandes descontos de até cinco mil reais. Segundo Anderson Lins, gerente de incorporação da Bairro Novo em Porto Velho, o festival é responsável por movimentar significantemente o mercado imobiliário da Capital e trazer oportunidades e benefícios exclusivos para os clientes que hoje, segundo ele, possuem uma capacidade de crédito melhor. 
“O evento foi um grande sucesso para a Bairro Novo e possivelmente para todos que participaram. Foi uma superação de resultados, posso garantir que nossa meta era uma meta bem inferior. Nós passamos de 110 unidades comercializadas e condicionamos isso ao fato de hoje em dias as pessoas já poderem alcançar um crédito satisfatório em condições que se enquadrem junto ao agente financeiro e que as permitam executar o financiamento possibilitando assim, a aquisição da unidade habitacional”, acredita Lins.
 Também presente no 3º Festival da Casa Própria, Rony Miranda, gerente comercial da Cred Casa, correspondente CAIXA AQUI, acredita que a redução nas taxas de juros foi o ponto alto do festival que garantiu ao público grandes oportunidades. 
“Foram oportunidades únicas que normalmente não se vê nodia-a-dia. Consideramos o festival um sucesso onde pudemos ver pessoas fazendo suas simulações de crédito, outras mudando para casas melhores, algumas saindo do aluguel, famílias investindo em imóveis para os filhos, e nós da Cred Casa facilitando todas essas possibilidades com nossa consultoria financeira habitacional que abrange tudo o que diz respeito a imóvel apontando sempre o melhor produto para cada necessidade e orçamento, consórcios, financiamentos, aberturas de contas e muito mais. Fechamos o festival com chave de ouro e estaremos na próxima edição com certeza!”, garante o gerente. 
Mais uma importante marca no ramo da construção civil presente no 3º Festival da Casa Própria, a HB Incorporadora, representada pela Torres Negócios Imobiliários, do empresário Marquizan Torres, também resume os três dias de festival como sucesso total na incorporação e venda de empreendimentos. 
“É surpreendente ver o quanto um evento como este mexe com o mercado de imóveis da nossa cidade. São resultados extremamente gratificantes. As empresas têm investido bastante e o que pudemos ver nesses três dias foi uma excelente estrutura cada vez melhor para atender nossos clientes. Nós da Torres concretizamos ótimos negócios durante esses três dias, concedemos bônus de até 10 mil reais para quem adquirisse seu imóvel aqui no festival e acreditamos que hoje está muito mais fácil realizar o sonho da casa própria. Hoje quem consegue se encaixar em um perfil mínimo exigido pela análise de crédito e contar com juros mínimos está a um passo de abrir a porta do seu imóvel próprio e fechar as portas para o aluguel. O 3º Festival da Casa Própria proporcionou isso para muita gente e acreditamos que no ano que vem o sucesso será ainda maior”, conclui Torres.
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS