CAMPEONATO: Goleiro do Vilhenense fala sobre a expectativa para a Série D do Brasileirão

“Temos que fazer o nosso papel em casa, ganhar jogos, pontuar. E fora de casa temos sempre que buscarmos os três pontos, e na pior das hipóteses, o empate.”

CAMPEONATO: Goleiro do Vilhenense fala sobre a expectativa para a Série D do Brasileirão

Foto: Divulgação

Gilfrasio Ramos de Jesus é um dos principais nomes do Vilhenense para a disputa do Campeonato Brasileiro Série D. Aos 38 anos, Gil, como o goleiro do Leão é conhecido por todos, é um dos atletas mais experientes no elenco do Vilhenense para a disputa da competição nacional.  
 
O jornal Folha do Sul Online conversou esta semana com o atleta que chegou ao Vilhenense em 2018, e foi um dos principais nomes do clube campanha do título Estadual de 2019.
 
Com uma média de idade de 22 anos, o Leão tem um dos elencos mais jovem da quarta divisão do futebol brasileiro. Sobre essa peculiaridade, Gil disse que não é uma experiência nova para ele. “Já passei por experiências assim lá na Bahia, e também no Pernambuco, quando eu estava no América”, revelou acrescentando: “Tem sido uma experiência gratificante e de muito aprendizado, porque se nós temos muitas coisas pra passar para os meninos, eles também nos ensinam muito”.
 
Ainda sobre o grupo, Gil fez questão de frisar: “Os meninos têm um enorme potencial. São jogadores que podem dar um retorno. Eu entendo que está sendo uma boa junção, essa mescla de experiência e juventude. No final quem ganha é o Vilhenense”, ponderou.
 
Com uma sequência de viagens e jogos muito próximos, o goleiro fez questão de evidenciar a importância da pré-temporada. “Buscamos aproveitar ao máximo a pré-temporada para buscar se condicionar fisicamente e mentalmente para poder realizar durante a competição aquilo que pediu a comissão técnica durante os treinos”.
 
Gil revelou que mesmo nos meses que esteve fora dos gramados por causa da pandemia, ele buscou manter-se ativo fisicamente. “Fiz sessões de treinos em casa e temos que aproveitar ao máximo ela (pré-temporada) porque quando começar os jogos vai ser difícil ter tempo para treinos; será apenas hotel, avião e jogo”, pontuou.  
 
Apesar da experiência o goleiro disse que ainda fica ansioso a cada estreia. “Não tem como não ficar. A gente fica sempre na expectativa de poder começar logo os jogos. Dá um friozinho na barriga antes de cada partida, é isso que me move, é isso que me motiva”, disse.
 
Gil projeta que o Vilhenense fará uma boa campanha na competição nacional. “A projeção que faço é a melhor possível. Estamos trabalhando para conquistarmos bons resultados. Mantendo os pés no chão, pois sabemos que vamos enfrentar boas equipes, mas vamos dar o nosso melhor para que Deus possa nos abençoar para alcançarmos os resultados positivos. Temos que fazer o nosso papel em casa, ganhar jogos, pontuar. E fora de casa temos sempre que buscarmos os três pontos, e na pior das hipóteses, o empate. Não podemos aceitar resultados negativos, que aí vai atrapalhar nossa caminhada”, pontuou.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS