ESPAÇO ABERTO: Um eterno rio de lama e sujeira pelas ruas de Porto Velho

ESPAÇO ABERTO: Um eterno rio de lama e sujeira pelas ruas de Porto Velho

Foto: Divulgação

 

TEMPORADA

 
É um mal crônico e sem uma mínima previsão de solução. Quando chega a temporada de chuva, chega também o caos em várias ruas e avenidas de Porto Velho.
 
CONHECIDOS
 
E o mais interessante é que os problemas ocorrem sempre nos mesmos lugares. Então o que a população deve fazer? Ora, se conformar e esperar a chuva ir embora.
 
TRANSTORNOS
 
Comerciantes da avenida Rio Madeira, por exemplo, no trecho entre Rio de Janeiro e Raimundo Cantuária, são uns eternos prejudicados com a chuvarada. Fotos e vídeos espalhados pelas redes sociais mostram como fica a situação quando uma “tromba d’àgua” acontece.
 
CONFORMISMO
 
Embora isso seja uma opinião minha, vários comerciantes da região concordam que não há nada a se fazer além da indignação. Vivemos na cidade com o pior saneamento do país, então isso não surpreende nenhum um pouco.
 
 
CONTINUIDADE
 
Como sujeira e imundice nunca foram prioridades para os gestores públicos da capital só resta ao cidadão ter sempre um balde e vassoura de plantão. Incrível como que prefeitos e secretários que já passaram pela administração pública municipal nunca ligaram pra porquice.
 
APRESENTAÇÃO
 
Mostrar uma cidade bem arrumada e cuidada é como um cartão de apresentação, que orgulha quem está à frente de uma gestão. infelizmente parece que encontrar gestor asseado não é uma tarefa muito fácil.
 
OUTRO LADO
 
A Prefeitura de Porto Velho informou que diversas obras na cidade estão sendo realizadas, inclusive com o serviço de drenagem, além da limpeza de canais, bueiros para garantir a vazão das águas pluviais. 
 
OUTRO LADO 2
 
A prefeitura pede ainda que a população evite o descarte de lixo em locais inapropriados e nas ruas, o que ocasiona entupimento de bueiros, impedindo o fluxo das águas.
 
 
OPINIÃO
 
Esse alerta da prefeitura é algo que reclamo há bastante tempo. A população tem que ajudar. Já é um horror a drenagem que existe, imagina então com lixo e entulho.
 
OPINIÃO 2
 
Já mostrei fotos de fogão, geladeira, colchão, cama, sofá, armário que são jogados na rua. Inclusive disse que dá pra mobiliar um barraco com tanto entulho que as pessoas jogam nas ruas. 
 
FLAGRANTES
 
Aqui no jornal já recebemos inúmeras denúncias e fotos de gente que sai de um bairro X e vai pra outro jogar sujeira. Nesse caso não há gestor que resolva, é questão de educação mesmo.
 
SEM NOÇÃO
 
Não é uma prática minha comentar bobagens divulgadas na mídia por radialistas, jornalistas, blogueiros, pessoas que, em tese, deveriam se preocupar  com a boa informação.
 
SEM NOÇÃO 2 
 
Mas o que aconteceu em Ariquemes merece, no mínimo, uma reflexão. Ao responder pergunta de uma internauta sobre o que fazer para evitar estupro, o apresentador Wilson Rodrigues, conhecido como ‘Pica-Pau’, disse que a solução é não usar roupa curta  demais e frequentar festa de gente decente.
 
 
LUCIDEZ
 
Agindo dessa forma, o tal apresentador deixa a impressão de que é justificável uma mulher ser violentada caso suas escolhas estejam fora dos padrões.
 
 
 
VIOLÊNCIA 
 
Rondônia figura entre os estados brasileiros com maior índice de violência contra a mulher e cabe a nós, jornalistas e outros profissionais de comunicação, fazer campanha em defesa das vítimas e não o contrário. 
 
HONRA
 
Uma opinião como a do tal apresentador remete ao conceito primitivo absurdo de que em defesa da honra é justificável. A mulher traiu, por exemplo, então é válido sofrer às consequências.
 
CASOS
 
Ano passado eu fiquei tão impressionado com a quantidade de mortes violentas e agressões contra mulheres que indiquei aos colegas da editoria de polícia uma matéria especial sobre esse tema. E foi muito bem produzida. Dá pra conferir no link.
 
 
SEPARAÇÃO
 
É muita violência, basicamente tendo como foco o ciúmes e a desconfiança de companheiros em relação às suas parceiras. Ora, se não há mais confiança entre um casal que cada um siga seu caminho. Simples assim.
 
PERSEGUIÇÃO
 
O problema detectado pela Delegacia da Mulher é de que em mais de 80% dos casos, os homens não aceitam separar e partem para agressão. Para evitar a violência, as mulheres são obrigados a buscar medidas protetivas.
 
INFORMAÇÃO
 
Então sugiro que o apresentador busque informações junto à Justiça que possam lhe garantir subsídios importantes para opiniões em defesa da vida e proteção das mulheres, em vez de argumentos discriminatórios.
 
FOCO
 
O programa apresentado pelo cidadão em questão, na Rede TV de Ariquemes, tem foco policial e popular. Duvido que uma única autoridade séria da Segurança ou Justiça de Rondônia concorde com argumentos bizarros que justifiquem violência ou agressão a quem quer que seja. 
 
DESCONHECIMENTO
 
Finalizando, em certo momento da gravação o apresentador, entre outras coisas, diz que uma moça com short muito pequeno fica parecendo uma rapariga. Fica mesmo. A questão é que pelo tom irônico do sujeito me parece que ele, realmente, não sabe o significado da palavra.
 
 
FATO
 
Um levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública feito em parceria com a Unicef divulgado em 2021 revelou que cerca de 100 crianças e adolescentes de até 14 anos são estupradas por dia no Brasil.
 
FATO 2
 
A maior parte dos estupros ocorre na residência da vítima e é praticado por pessoa conhecida. Não há qualquer associação do crime à roupa no perfil traçado das meninas que representam 86% das vítimas de estupro.
 
OUTRO LADO
 
A Rede TV de Ariquemes divulgou nota, ontem, dizendo que não compactua com a opinião do apresentador.
 
Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Baltazar Vilas Boas

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS