BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Secretário chama deputado Léo Moraes de irresponsável e fantasioso

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

29 de Junho de 2020 às 08:55

Atualizada em : 29 de Junho de 2020 às 15:30

Foto: Divulgação

 
QUER APARECER
 
O secretário Fernando Máximo ironizou a denúncia do deputado Léo Moraes no Facebook, onde o parlamentar revela que o governo estaria sendo irresponsável ao deixar sem uso 36 leitos que estariam prontos para ser usados no Cero ( Centro de Reabilitação de Rondônia ) transformado em hospital de campanha. 
 
SENSACIONALISMO E FANTASIA
 
Fernando Máximo comparou o vídeo do deputado a uma série de ficção americana destinada às crianças no fim dos anos 70. Disse o Secretário: “ tem gente que faz sensacionalismo, age como se tivesse encontrado o Elo Perdido, um Baú de Ouro".
 
NÃO HÁ ESTRUTURA PRONTA PARA FUNCIONAR
 
Fernando Máximo disse que no local não há gerador de energia  e nem bomba de perfusão ( Máximo usa a denominação inadequada de bomba infusora ) que é um equipamento de injeção de nutrientes nas vias venosa, arterial ou esofágica. O secretário afirma também que faltam médicos para atuar no local.
 
FOI DIVULGADO
 
Fernando Máximo falou ainda que tudo está sendo feito às claras, inclusive tem reportagem no canal preferido dele, onde, é óbvio, ele deu entrevista, explicando em detalhes o andamento das obras no Cero. 
 
HISTÓRIA
 
Duas observações sobre o que disse Fernando Máximo ao sair de sua área de conhecimento. Elo Perdido é o último ancestral comum aos chimpanzés e seres humanos. Depois dele, homem ficou sendo homem – até chegar ao Homo sapiens – e chimpanzé continuou chimpanzé. 
 
SERIADO DE TV
 
O Elo Perdido era umasérie de TV feita para um público infantil, apresentada originalmente pela rede americana NBC. Durante uma exploração uma família enfrenta um terremoto e cai em outro mundo, numa época pré-histórica cheia de dinossauros e enigmas a serem resolvidos. 
 
LÉO MORAES
 
O deputado disse que vai denunciar  a situação no Ministério Público. De acordo com o parlamentar, a Sesau transferiu 41 pessoas que estavam à disposição do Cero e mandou para o Regina Pacis com apenas 12 UTIs. Na opinião de Léo, seria muito mais eficiente usar a estrutura do Cero com muito mais opções de leitos de UTI. 
 
DESDÉM
 
A jornalista Maríndia Moura ( o sobrenome igual o meu é só uma coincidência ) para mim é uma referência no jornalismo de Rondônia, junto com outros tantos jornalistas importantes e talentosos que temos aqui no Estado. Fernando Máximo não consegue esconder nem um pouco  sua satisfação ao ver a nobre colega nas entrevistas. 
 
CANAL
 
A admiração pela gauchinha de Getúlio Vargas, terra riograndense do ilustre presidente brasileiro, é algo completamente normal diante do talento da musa getuliense. O que é anormal  é o Secretário nitidamente ficar desolado se, e nem é pela Maríndia, o canal que ela trabalha não estiver presente nas coletivas.
 
IGREJA MUNDIAL
 
Pastor Moisés dos Santos, responsável pela Geração Jovem Mundial em todo o estado, mandou mensagem para a coluna explicando a falta de prestação de contas sobre a doação de alimentos que fiz para a Igreja Mundial, no mês passado.
 
 
IGREJA MUNDIAL 2
 
Pastor Moisés pediu desculpas, e informou que tem tido uma grande demanda de trabalho junto à população mais pobre por conta da pandemia, por isso não teria conseguido enviar registro de algumas entregas de alimentos feitas pelos jovens da Mundial.
 
IGREJA MUNDIAL 3
 
Recebi várias fotos e vídeos com os respectivos endereços de famílias beneficiadas. Muito bom pastor! É isso que torna nossas ações sérias, a transparência dos atos quando pedimos que outras pessoas façam doações para auxiliar quem precisa. 
 
ESCLARECIMENTO
 
Jamais faço qualquer coisa relacionada ao jornalismo usando a primeira pessoa e muito menos me vejo em condição diferenciada por ser solidário. Muita gente é, e com muito mais frequência que eu. Citei a doação que fiz apenas como exemplo de alguém que queria ajudar e incentivar outras pessoas a fazer o mesmo. 
 
PROTESTO
 
Comerciantes e Micro empresários fizeram manifestação no Espaço Alternativo para que não haja fechamento total do comércio prometido para essa semana pelo prefeito Hildon Chaves. Foi um protesto tímido, mas deixou clara a posição de pessoas que estão preocupadas com a possibilidade de ficar sem trabalhar.
 
FECHAMENTO
 
Aliás, o possível  lockdown determinado pelo prefeito foi um dos assuntos mais comentados no Rondoniaovivo durante o fim de semana.
 
JUSTIÇA
 
Existe um fio de esperança de empresários e comerciantes de que daqui a pouco, ás 10 da manhã,  a Justiça não autorize o fechamento total  em Porto Velho. A questão é que já há uma decisão do STF que permite aos prefeitos decidir por aquilo que achar melhor para sua cidade.
 
JUSTIÇA 2
 
No caso de Hilton Chaves, ele já foi muito claro que sua decisão estará calçada em argumentos apresentados pelos conselhos estadual e municipal de saúde. Ou seja, ambos os conselhos entendem que só o lockdown poderá diminuir os casos de coronavírus na capital.
 
RECUPERADO
 
Um vovozinho de 102 anos venceu a batalha contra o coronavírus após ficar quase um mês internado no Prontocordis. Durante 22 dias, o idoso recebeu medicação para combater uma pneumonia causada pela infecção do coronavírus.
 
 
AGRADECEU
 
Toda a equipe do Prontocordis ( médicos, enfermeiros, fisioterapeuta, nutricionista, diretores e servidores de todas as áreas ) fez um “ Carnaval” no momento de anunciar a alta do paciente. Com os olhos em lágrimas, o ilustre vovô agradeceu com um AMÉM. 
 
ABUSO
 
O deputado Laerte Gomes, presidente da Assembleia Legislativa, disse que os contribuintes de Rondônia estão sendo vítimas de ganância do Detran. Laerte diz que o Detran ampliou os prazos para pagamento do IPVA, mas esqueceu de avisar que haveria a cobrança de juros e multas.
 
ABUSO 2
 
O deputado enfatiza que nesse momento de pandemia onde falta dinheiro até para comida, o Departamento se aproveita da situação difícil  dos contribuintes e não perdoa nas correções. 
 
EXEMPLO
 
Laerte Gomes disse que chegou ao seu conhecimento a situação de uma pessoa que caiu no conto da flexibilização da dívida. Ele disse que um contribuinte aproveitou a prorrogação oferecida pelo Detran e não pagou R$ 2.700,00 reais de IPVA.
 
SURPRESA 
 
De acordo com o deputado, ao ir deixar em dia sua conta de IPVA o contribuinte foi surpreendido com uma dívida de R$ 3.340,00. Laerte disse que vai tomar medidas duras contra o que ele chama de abuso e sustenta ainda que outras pessoas possam estar passando pelo mesmo problema.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS