AGRICULTURA: Marcos Rocha fortalece a cacauicultura na agricultura familiar em RO

Em 2020 foram distribuídas 12 mil sementes de cacau para produção de mudas em Cacoal, que recebeu esse nome devido a alta produtividade do cacau na região

AGRICULTURA: Marcos Rocha fortalece a cacauicultura na agricultura familiar em RO

Foto: Divulgação

 

A retomada da lavoura cacaueira rondoniense faz parte do Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentável de Rondônia – PDES desenvolvido durante a gestão do candidato ao Governo de Rondônia pelo União Brasil (44), coronel Marcos Rocha. “Rondônia é um estado do agronegócio e incentivar as culturas agrícolas do nosso Estado sempre foi uma das nossas prioridades. A Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, foi a responsável por desenvolver a cacaiucultura, que já era muito forte em Rondônia, mas os produtores estavam desanimados e para retomar a produtividade nós incentivamos o setor distribuindo mudas de cacau clonal em parceria com a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural - Emater, por meio dos projetos "Plante mais" e "Cacau Sustentável de Rondônia”, ressaltou Marcos Rocha.
 
 
Ainda em 2020 foram distribuídas 12 mil sementes de cacau para produção de mudas em Cacoal, que recebeu esse nome devido a alta produtividade do cacau na região, mas os produtores migraram para a produção de café, tanto que o município passou a ser conhecido também como “Capital do café”.
 
 
Mas o cacau não ficou restrito a Cacoal, se espalhou por outros municípios da região central como Jaru, Presidente Médici, Buritis e Theobroma, que tiveram as lavouras revitalizadas e a implantação de novas, com a adoção da tecnologia de clones geneticamente superiores, no que diz respeito a capacidade produtiva, resistência ou tolerância a pragas e doenças, e precocidade.
 
 
Todas essas características estão presentes nas plantas distribuídas aos produtores com os clones de cacau testados pelas instituições de pesquisa. Depois disso, em 2021, o levantamento sistemático da produção agrícola, feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, apontava o cacau aumento em produção e área plantada em Rondônia com crescimento de quase 20%.
 
 
Em fevereiro de 2021, a produção chegou a 6.003 toneladas, colhidas em uma área de 9.223 hectares, totalizando 651 quilos de cacau produzidos por hectare. E no mesmo ano, em 2021,  o produtor Mauro Celso Tauffer, de Buritis ficou em 3º lugar no III Concurso Nacional de Qualidade do Cacau.
 
 
 
 
ROTA DO CACAU
 
 
O projeto Rota do Cacau, criado em parceria com a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira - Ceplac prevê o desenvolvimento da cadeia produtiva do cacau e chocolate com a estruturação de polos de desenvolvimento regional.
 
 
“Com a Rota do Cacau, nosso governo buscou consolidar e ampliar a cadeia produtiva do cacau e do chocolate devido ao grande número de ocupações e postos de trabalho que podem ser gerados com o fortalecimento das agroindústrias. O cacau é um produto de alto valor comercial e vasto potencial de beneficiamento e desenvolvimento de novos produtos baseados no chocolate e subprodutos do seu fruto”, garantiu o candidato ao governo de Rondônia Marcos Rocha.
 
 
O cacauicultor Deoclides Pires da Silva, da linha 603 do município de Jaru, foi um dos que se animou com o incentivo dado à cacauicultura na gestão do coronel Marcos Rocha.
 
 
“Eu transformei 2,6 hectares de pasto em lavoura de cacau irrigado com uma produtividade de 5,5 toneladas de cacau por ano, graças ao incentivo do governo do Estado, com a entrega de calcário para os produtores. Hoje eu tenho uma boa produtividade, mas não produzimos somente as amêndoas do cacau. Parte da produção aqui da propriedade vira mel, geleia, licores de cacau e chocolate, nibs (crocantes em sua forma mais pura e menos processada) de cacau e chocolate artesanal produzidos pela minha filha e meu genro. Nós vendemos os subprodutos e garantimos uma renda muito melhor do que vender apenas as amêndoas”, comemora o cacauicultor que ganhou este ano o quarto lugar no Concacau 2022.
 
 
 
CONCACAU
 
 
Para premiar esse esforço, promover e incentivar a melhoria da qualidade e da sustentabilidade na produção de cacau em Rondônia, em 2021 foi criado o Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Cacau de Rondônia – Concacau. O cacauicultor Deoclides Pires ressalta ainda a importância da valorização não somente da cacauicultura, mas também o apoio dado pelo coronel Marcos Rocha às agroindústrias da agricultura familiar.
 
 
“Com os nossos produtos participamos de feiras organizadas pelo governo do Estado e conseguimos vender toda a nossa produção. É muito bom porque conseguimos um valor agregado aos subprodutos do cacau. O Governo do Estado que passa essa segurança em todos os setores da sociedade, principalmente na agricultura. Estamos no caminho certo e não podemos mudar. Nunca recebemos tanto incentivo na nossa produção como nesta gestão do coronel Marcos Rocha”, reconhece o produtor que foi um dos destaques durante a 9° edição da Rondônia Rural Show Internacional - RRS, que aconteceu em Ji-Paraná em maio deste ano.
 
 
CACAU
 
 
O cacau é uma cultura que possibilita um enorme leque de oportunidades para agregação de valores no processamento do produto, desde a produção artesanal de chocolates, licores e geleias até a comercialização de amêndoas em grande escala, para as indústrias de outros estados e países favorecendo a economia rondoniense, com a entrada de divisas econômicas.
 
 
O fruto do cacau é muito apreciado por ter a polpa adocicada e por sua semente, utilizada principalmente na fabricação do chocolate, além de ser benéfico à saúde, apresentando propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e cardioprotetoras. Quanto maior o teor de cacau, maior o benefício do produto.
 
 
Rondônia é o terceiro maior produtor de cacau do Brasil, ficando atrás apenas da Bahia e do Pará. Possui atualmente uma área plantada de aproximadamente 8 mil hectares de cacau com uma produtividade média de 748 kg/ha, envolvendo um público de 4,5 mil agricultores familiares.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

E M M M de Barros

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS