PROPOSTAS: Jaime Bagattoli discute saúde, saneamento e industrialização de Porto Velho

Candidato do PL citou, ainda, JP II e a pavimentação de rodovias estaduais

PROPOSTAS: Jaime Bagattoli discute saúde, saneamento e industrialização de Porto Velho

Foto: Divulgação

 

Saúde e saneamento básico foram os principais temas discutidos por Jaime Bagattoli na capital Porto Velho. O candidato ao Senado pelo Partido Liberal (PL) debateu as propostas durante uma entrevista à Rádio Caiari FM, onde também falou sobre a importância da regularização fundiária e da reforma tributária para a industrialização.
 
“Antes de gerarmos emprego e renda precisamos ter saúde. Tenho conversado com o futuro governador Marcos Rogério sobre os hospitais regionais, a implantação de uma unidade em Ariquemes e a conclusão do hospital de Guajará-Mirim. Porém, o maior entrave hoje é o João Paulo II que tem jogado a saúde do Estado na UTI. Esse trabalho vai precisar do empenho do Executivo Estadual e de nós, futuros representantes do Legislativo, através de emendas e recursos”, afirmou o candidato.
 
Ainda no tema saúde, Jaime lembrou dos baixos índices de saneamento básico em Porto Velho e de como esse cenário contribui para a situação preocupante da capital.
 
“Esse assunto precisa ser um compromisso de todos e eu não vou me intimidar em discuti-lo. Temos cidades do interior com menos recursos que a capital e que conseguiram ampliar o saneamento para mais de 90% da população. Precisamos mudar esse cenário também em Porto Velho, afirmou.
 
Respondendo aos questionamentos de ouvintes sobre a industrialização da capital, Jaime Bagattoli lembrou que esse tema está diretamente ligado à regularização fundiária e a necessidade de uma reforma tributária.
 
“O maior rebanho do Estado está em Porto Velho, mas as empresas do setor alimentício, por exemplo, precisam encontrar um cenário propício para investir. Estamos falando de uma revisão da carga tributária e da necessidade da regularização fundiária. Sem esses fatores o produtor não pode dar garantias de fornecer os produtos no futuro e os empresários de investimento do outro lado”, explica o candidato.
 
Outro ponto destacado foi a necessidade de investir na infraestrutura para o escoamento dessa produção. Como município mais extenso de Rondônia, Jaime lembrou que Porto Velho merece mais atenção de recursos e emendas para o melhoramento de suas estradas.
 
“Do volume que nós temos de rodovias estaduais, apenas 23% têm asfalto. O restante não possui um metro de pavimentação e isso também se repete em Porto Velho. Ou seja, para falarmos de um novo momento na capital precisamos discutir temas importantes e isso eu farei em Brasília e em parceria com o futuro governador”, finalizou.
Direito ao esquecimento

Você já decidiu em quem votar para deputado(a) estadual, federal, senador(a) e presidente?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Clinica Maestria LTDA

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS