PRESIDENCIÁVEIS: Bolsonaro recua e decide participar de debate presidencial no domingo(28)

O presidente Jair Bolsonaro voltou atrás em sua decisão de não participar do debate presidencial, marcado para o próximo domingo (28)

PRESIDENCIÁVEIS: Bolsonaro recua e decide participar de debate presidencial no domingo(28)

Foto: Divulgação

 

“Eu vou ser fuzilado, vão atirar em mim o tempo todo”, disse Bolsonaro, em entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan. 
 
O presidente Jair Bolsonaro voltou atrás em sua decisão de não participar do debate presidencial, marcado para o próximo domingo (28). Em entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, nesta sexta-feira (26), ele afirmou que “deve estar presente” no evento.
 
“Eu devo estar domingo [no debate]. Eu bati o martelo, mas eu devo estar. Antes eu achava que não deveria ir, agora acho que devo ir sim”, disse Bolsonaro.
 
Mais cedo, Bolsonaro havia dito a seus integrantes de campanha que não compareceria ao debate. A decisão gerou expectativa sobre a presença de Luiz Inácio Lula da Silva no evento. Isso porque o ex-presidente decidiu não confirmar presença sem a certeza do comparecimento de seu principal adversário no evento.
 
“Eu vou ser fuzilado, vão atirar em mim o tempo todo, porque eu sou um alvo compensador para eles. Mas acredito que minha estratégia vai dar certo porque eu já me preparei para as perguntas. As respostas vão ser simples. Eu não devo nada. Então, é tranquilo responder essas acusações que fizeram na mídia sobre a COVID-19”, disse o presidente.
 
Ao todo, foram convidados seis candidatos ao Palácio do Planalto:
 
Luiz Inácio Lula da Silva (PT),
 
Ciro Gomes (PDT),
 
Jair Bolsonaro (PL),
 
Luiz Felipe d’Avila (Novo),
 
Simone Tebet (MDB),
 
Soraya Thronicke (União Brasil).
 
A organização do debate definiu as regras em reunião com as campanhas dos postulantes e a posição de cada candidato foi definida por sorteio.
 
Confira as principais regras do encontro
 
Três momentos.
 
O debate será dividido em três momentos com perguntas sobre programas de governo, confronto entre os candidatos e questões feitas por jornalistas.
 
Os blocos terão moderação de jornalistas dos veículos organizadores.
 
Plano de governo. A primeira pergunta será feita para todos os candidatos e envolverá o plano de governo proposto por eles. Cada um terá um minuto e meio para a resposta.
 
Em seguida, começa o confronto entre eles. Bolsonaro é o primeiro a perguntar e poderá escolher qualquer candidato —incluindo Lula, seu principal adversário na corrida eleitoral. Depois do atual chefe do Executivo, farão perguntas:
 
Ciro;
 
Luiz Felipe d’Avila;
 
Soraya Thronicke;
 
Lula;
 
Simone Tebet.
 
Jornalistas perguntam. No segundo bloco, será a vez dos jornalistas de veículos, que integram a organização do debate, fazerem suas perguntas.
 
O candidato que responde terá quatro minutos para dividir entre resposta e réplica.
 
Novos confrontos.
 
No último bloco do debate, os candidatos voltam a se confrontar seguindo uma ordem definida em sorteio prévio. Os postulantes ao Palácio do Planalto terão um minuto para pergunta e mais um para a réplica. Quatro minutos serão usados para resposta e tréplica.
 
Nessa fase, haverá também questões sobre o plano de governo e, por fim, os candidatos terão dois minutos para deixarem suas contribuições finais.
 
Direito de resposta. As regras do encontro também preveem que, em caso exclusivo de ofensa moral e pessoal, o candidato pode solicitar ao moderador direito de resposta imediatamente após a conclusão da fala do outro postulante.
 
A solicitação será avaliada por um comitê formado por quatro jornalistas da organização do encontro e um advogado. “A resposta será dada ainda no mesmo bloco. Na hipótese de deferimento do pedido de resposta, serão concedidos 45 segundos.”
Direito ao esquecimento

Você já decidiu em quem votar para deputado(a) estadual, federal, senador(a) e presidente?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Clinica Maestria LTDA

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS