BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

AMOR FILOSÓFICO: As Sem-Razões do Amor, de Carlos Drummond de Andrade, em análise na noite desta quinta

Abordagem será com a professora de Filosofia Lúcia Helena Galvão, da Nova Acrópole/Brasil

Rondoniaovivo

11 de Junho de 2020 às 10:41

Atualizada em : 11 de Junho de 2020 às 10:44

Foto: Divulgação

Em homenagem ao Dia dos Namorados, a professora de filosofia Lúcia Helena Galvão fará uma análise do poema “As Sem-Razões do Amor”, do poeta Carlos Drummond de Andrade. Ela abordará os aspectos do amor sob um prisma filosófico e poético.

 

A palestra será às 18 horas(Rondônia) pelo canal do Youtube da Nova Acrópole

 

Lúcia Helena  é  professora de filosofia da organização Nova Acrópole do Brasil. Há 31 anos na instituição, é uma das palestrantes mais antigas e ativas.

 

Ela  ministra aulas sobre os mais variados temas: ética, sociopolítica, simbologia, história da filosofia, entre outros. Poetisa, já publicou quatro livros, além de produzir artigos e crônicas frequentemente publicados pela imprensa de todo o país.

 

Profere ainda palestras e conferências regularmente para grandes públicos no Brasil e em outros países. Na internet é um fenômeno nas redes sociais e Youtube, onde possui milhares de seguidores e acumula mais de 25 milhões de visualizações em suas palestras.

 

Veja o poema de Carlos Drummond de Andrade:

 

As Sem-Razões do Amor

 

Eu te amo porque te amo.

Não precisas ser amante,

e nem sempre sabes sê-lo.

Eu te amo porque te amo.

Amor é estado de graça

e com amor não se paga.

 

Amor é dado de graça,

é semeado no vento,

na cachoeira, no eclipse.

Amor foge a dicionários

e a regulamentos vários.

 

Eu te amo porque não amo

bastante ou demais a mim.

Porque amor não se troca,

não se conjuga nem se ama.

Porque amor é amor a nada,

feliz e forte em si mesmo.

 

Amor é primo da morte,

e da morte vencedor,

por mais que o matem (e matam)

a cada instante de amor.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS