BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CULTURA: Flor do Maracujá e ExpoPorto são suspensos devido a covid-19

Segundo a coordenadora de Cultura da Sejucel, Carmélia Cardoso, todos os trâmites burocráticos para a realização do arraial estavam adiantados

ASSESSORIA/GOVERNO RO

05 de Maio de 2020 às 11:10

Atualizada em : 06 de Maio de 2020 às 08:54

Foto: Divulgação

Seguindo as orientações dos órgãos de saúde pública para conter o avançando da pandemia do novo coronavírus, o Governo de Rondônia, por meio da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), decidiu suspender por tempo indeterminado o calendário cultural e esportivo do Estado.
 
Com a decisão, tomada para evitar aglomeração e a disseminação da Covid-19, o arraial Flor do Maracujá que neste ano completa 39 anos de tradição foi suspenso. O evento estava previsto para ser realizado no período de 26 de junho a 5 de julho.
 
Segundo a coordenadora de Cultura da Sejucel, Carmélia Cardoso, todos os trâmites burocráticos para a realização do arraial estavam adiantados. “Nós tivemos as conversas com os representantes dos grupos e começamos a traçar metas. Em abril, iríamos finalizar algumas questões como os patrocínios, porém, por conta do coronavírus, tivemos que suspender nossas ações de visitas às instituições em busca de parcerias. Nós estamos tristes, mas sabemos que é por uma causa de saúde e devemos respeitar”. 
 
ExpoPorto já tinha data definida
 
Outro grande evento suspenso, foi a realização da Feira de Agronegócio, Cultura e Tecnologia (ExpoPorto). Para abrir a festa agropecuária de Porto Velho, a tradicional cavalgada já tinha data definida, 22 de agosto, e as comitivas já estavam preparadas para o encontro. Após quase dez anos sem acontecer na Capital, o Governo de Rondônia tomou a iniciativa de resgatar a festa agropecuária.  A ExpoPorto estava marcada para acontecer entre os dias 26 a 30 de agosto.
 
“Nossa missão era chegar até abril com os processos prontos para licitar e executar, não tínhamos como saber dessa pandemia. O esforço do Governo de Rondônia é conter o coronavírus em Rondônia e, por isso, estamos suspendendo a ExpoPorto e outros grandes eventos. Estamos tristes com isso, mas é necessário. Neste momento é preciso evitar aglomeração para tentar conter o vírus. Estávamos preparando uma linda edição em 2020. Quando tudo isso passar, faremos uma festa ainda melhor”, enfatizou o superintendente da Sejucel, Jobson Bandeira.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS