BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ORGULHO: Rádio Falante da Escola Orlando Freire completa uma década

A primeira equipe da rádio foi formada pelo idealizador e coordenador do projeto professor Reinaldo Ramos das Neves, pelas alunas Anne Nascimento (locutora) e Camila (operadora de áudio).

Zekatraca

10 de Abril de 2020 às 11:04

Atualizada em : 11 de Abril de 2020 às 08:24

Foto: Divulgação

No dia 10 de abril de 2010 entrava no "ar" em caráter experimental a Rádio Falante Orlando Freire. O projeto ficou um mês em fase de teste, definindo qual o seguimento que a “emissora” seguiria. Nesse tempo os coordenadores ficaram qualificando os alunos e os técnicos que iriam atuar no projeto. Quando o seguimento foi aprovado a rádio entrou no ar, trazendo uma proposta diferente, não só com músicas e recadinhos, mas agregando notícias, informações e incentivo ao hábito da leitura. Priorizando entrevistas com pessoas ligadas ao meio cultural e educacional.
 
 
A primeira equipe da rádio foi formada pelo idealizador e coordenador do projeto professor Reinaldo Ramos das Neves, pelas alunas Anne Nascimento (locutora) e Camila (operadora de áudio). Depois juntaram-se ao time o coordenador-técnico professor Alcemir Ribeiro e a professora Suely Souza. Quem implantou o projeto na escola foram as gestoras Olinda Lacerda Monteiro (diretora) e Valda Nogueira (vice-diretora).
 
 
Ao longo desse tempo o projeto já recebeu vários prêmios, inclusive, voto de louvor da Câmara Municipal de PVH e da Assembleia Legislativa de RO e foi divulgado em diversos veículos de comunicação em Rondônia e em nível nacional. No decorrer dessa década a equipe do projeto adquiriu um estilo próprio e eficiente, sempre trabalhando com confiança e criatividade no meio educacional e cultural. Hoje a rádio faz a diferença, e se orgulha do pioneirismo de ter o seu caminho próprio no seguimento de rádio escolar.
 
Colhendo frutos
 
 A equipe da rádio trabalha sempre no sentido de aprimorar e oferecer opções de vanguarda aos alunos, a comunidade escolar e ao entorno. O orgulho maior da equipe "Falante" e dos demais atores do cotidiano escolar, é do projeto ser bem sucedido no campo da educação e da cultura: sendo tema de TCC do curso de jornalismo da UNIRON e de pós-graduação da Faculdade Católica / RO. Além de ser destaque nacional no Portal do MEC, e em duas matérias vinculada em nível nacional pela Rede Globo (jornal Hoje e Programa "Como Será?", apoiado pelo então projeto Amigos da escola.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS