NÃO HÁ VAGAS: Imagens mostram situação desesperadora na UPA Sul de Porto Velho

Consultórios, salas de suturas, tudo transformado em enfermarias para atender a comunidade

NÃO HÁ VAGAS: Imagens mostram situação desesperadora na UPA Sul de Porto Velho

Foto: Divulgação

A falta de estrutura na rede hospitalar para atender a demanda atípica de pacientes internados por conta da pandemia de COVID-19 já começa mostrar cenários assustadores em Porto Velho (RO). 
 
Neste último domingo (28) imagens retiradas dentro da Unidade de Pronto Atendimento – UPA, localizada na zona Sul da cidade, mostra o local totalmente tomado por pessoas infectadas pelo vírus. 
 
Consultórios, salas de suturas, tudo transformado em enfermarias para atender a comunidade. Não existem leitos de UTI vagos em Porto Velho. 
 
 
A UPA Sul está focada no atendimento exclusivo de pacientes internados por COVID-19.
 
De acordo com servidores da Saúde que trabalham na UPA Sul, a situação é desesperadora, uma vez que as infecções e mortes aumentam entre os próprios trabalhadores. 
 
População não respeita
 
Nesta última semana os fiscais da prefeitura e Governo do Estado tiveram trabalho para conter as aglomerações na capital. 
 
Na quinta-feira (26) centenas de pessoas se reuniram no Espaço Alternativo para comemorarem o título nacional do Flamengo. 
 
Já no final de semana uma equipe teve trabalho para conter o fluxo de pessoas no Skate Parque. 
 
Essas situações se repetem  também em cidades do interior do Estado, onde a polícia conteve um evento com mais de 200 pessoas. 
 
Apenas nas últimas 24 horas a cidade de Porto Velho confirmou 480 infecções por COVID-19 e 13 mortes. 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS