BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

DENÚNCIA: Servidores infectados por COVID-19 atenderam população no DETRAN/RO

De acordo com o presidente do sindicato da categoria faltam coisas básicas como álcool em gel e máscaras

Rondoniaovivo - João Paulo Prudêncio

27 de Maio de 2020 às 15:27

Atualizada em : 28 de Maio de 2020 às 10:15

 

Uma denuncia impetrada no Ministério Público do Estado de Rondônia – MP/RO pelo Sindicato dos Servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia – SINDETRAN, apontou um possível descaso com os trabalhadores durante o período de pandemia.

 

De acordo com o presidente do sindicato, Adonias Rodrigues de Deus, muitos funcionários do DETRAN/RO estão ficando doentes e tem que trabalhar sem material suficiente para a higienização e proteção dos espaços onde funcionam os locais de atendimento ao público.

 

Ainda segundo a denuncia, os servidores que foram acionados à retornarem aos seus postos de trabalho não receberam nenhum treinamento para atender a comunidade que busca os serviços do DETRAN/RO.

 

O sindicato informou ao MP/RO que um servidor contraiu COVID-19 e trabalhou normalmente por dois dias nas dependências da Coordenadoria Metropolitana de Transito, onde ficam aproximadamente 60 servidores.

 

“O servidor infectou outras dois trabalhadores e nem mesmo com essa informação nenhuma ação contundente da atual gestão foi feita para resguardar os servidores e a população”, afirma um trecho da denuncia.

 

A falta de máscaras, álcool em gel e dedetização é um grave problema relatado pelo presidente do sindicato, que afirmou que os trabalhadores estão pagando do próprio bolso os materiais que garantem o mínimo de segurança para exercer o trabalho nesse período de pandemia.

 

Os trabalhadores aguardam o posicionamento do Ministério Público de Rondônia frente à denuncia.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS