BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

PREOCUPADOS: Profissionais de saúde realizam manifestação em frente ao João Paulo II

Eles alegam que estão sendo contaminados por falta de EPI

DA REDAÇÃO

11 de Maio de 2020 às 08:40

Atualizada em : 11 de Maio de 2020 às 16:11

Foto: Divulgação

 

Profissionais da saúde realizaram um ato de protesto na manhã desta segunda-feira (11) em frente ao Hospital João Paulo II, em Porto Velho (RO), para cobrar ajuda das autoridades públicas, já de que acordo com eles, estão sendo expostos ao COVID-19 pela falta de equipamentos de proteção.

 

Na linha de frente do combate à pandemia, esses profissionais estão assustados, mais de 600 já foram afastados em Rondônia, sendo que só no João Paulo II já foram mais de 150 profissionais confirmados com o COVID-19.

 

 

De acordo com os manifestantes falta de tudo, desde máscaras até álcool em gel. Eles ainda alegaram equipamentos de proteção individual estão sendo reutilizados dentro das unidades de saúde do Estado.

 

 

Além do protesto, os profissionais de saúde acionaram o Ministério Público de Rondônia para tomar ciência da situação e buscar as medidas efetivas para o caso.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS