BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

EPIS: Hospital de Base realiza treinamentos com os profissionais de saúde

Desde de março 22 turmas já realizaram o treinamento de paramentação e desparamentação

ASSESSORIA

28 de Abril de 2020 às 14:47

Atualizada em : 29 de Abril de 2020 às 09:48

Foto: Divulgação

Orientações aos servidores sobre a utilização dos equipamentos de segurança e a maneira certa de colocar e retirar os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) tem sido uma das ações de enfrentamento ao novo coronavírus no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, em Porto Velho.
 
Desde de março 22 turmas já realizaram o treinamento de paramentação e desparamentação.
 
O curso ensina na prática a forma correta de colocar e retirar as luvas descartáveis, aventais impermeáveis, gorros, máscaras cirúrgicas, óculos, protetores faciais e máscaras N95 (utilizadas em procedimentos com aerossóis), sem a contaminação do servidor.
 
“A regra principal é lavar as mãos corretamente após cada equipamento de proteção retirado”, disse a enfermeira Iná Ineran, uma das facilitadoras da ação educativa. A paramentação abordada na capacitação é específica para atendimentos de pacientes com suspeita ou confirmados para Covid-19.
 
Além das aulas presenciais ofertadas, o núcleo de educação permanente da unidade montou uma biblioteca virtual, com o objetivo de diminuir dúvidas dos profissionais da unidade de forma rápida. O acervo conta com notas técnicas dos órgãos de saúde, vídeoaulas, instruções e manuais do Ministério da Saúde, recomendações, pesquisas científicas, artigos científicos e diversos materiais de apoio ao enfrentamento à pandemia.
 
“A utilização correta dos EPIs protege os servidores de contaminação, e o curso de paramentação e desparamentação fortalece os conhecimentos práticos”, destacou a diretora geral do HB, Raquel Gil.
 
O material utilizado nas unidades hospitalares nesse momento de combate ao coronavírus é a Nota Técnica n. 004-2020 da Anvisa, que prevê orientações para serviços de saúde nas medidas de prevenção e controle que devem ser adotadas durante a assistência aos casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS