ABERTO: Seagri lança concurso público oferecendo 224 vagas para várias áreas

O órgão está ofertando 224 vagas imediatas e 618 oportunidades para formação de cadastro de reserva

ABERTO: Seagri lança concurso público oferecendo 224 vagas para várias áreas

Foto: Divulgação

 

O edital do próximo concurso público da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do Distrito Federal (SEAGRI DF) foi publicado nesta sexta-feira (23/9), com a oferta de 224 vagas de preenchimento imediato e 618 oportunidades para formação de cadastro de reserva. 
 
 
As chances são destinadas aos cargos de Analista de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária e Técnico de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária, nas seguintes especialidades: 
 
Analista de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária:
 
Administrador;
 
Biólogo;
 
Contador;
 
Economista;
 
Direito e Legislação;
 
Médico Veterinário;
 
Nutricionista;
 
Químico;
 
Zootecnista.
 
Técnico de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária:
 
Técnico de Laboratório;
 
Agente Administrativo;
 
O quadro de vagas do certame da Seagri conta, ainda, com a reserva de vagas para pessoas com deficiência, candidatos negros e hipossuficientes. A remuneração inicial é de R$ 6.792,50, para técnico, e R$ 10.670,00, para analista. 
 
A seleção compreenderá as fases de aplicação de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos; aplicação de prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para o cargo de analista; avaliação de títulos, de caráter classificatório, para o cargo de analista. 
 
As inscrições serão abertas no período entre 26 de outubro e 30 de novembro, e poderão ser realizadas pelo site do Iades. O valor da taxa de inscrição é de R$ 59,00, para analista, e R$ 54,00, para técnico.
 
Confira o edital completo a partir da página 32 do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), clicando aqui. 
 
Requisitos para investidura no cargo: 
 
Para tomar posse do cargo, é necessário possuir os seguintes requisitos: 
 
Ser aprovado no concurso público;
 
Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos; 
 
Estar em gozo dos direitos políticos; 
 
Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino; 
 
Estar quite com as obrigações eleitorais; 
 
Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo; 
 
Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse; 
 
Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo; 
 
O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da posse.
 
Os candidatos com deficiência, negros ou pardos e hipossuficientes, caso aprovados para mais de uma cota serão convocados concomitantemente para o provimento do cargo, considerando-se a classificação mais vantajosa.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

E M M M de Barros

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS