NOVOS CURSOS: Católica de Rondônia é recebida pela presidência da Capes em Brasília

Serão ofertados os mestrados e doutorados na área de envelhecimento humano, odontologia, letras, ensino de ciências e matemática, história, educação e saúde e gestão do trabalho

NOVOS CURSOS: Católica de Rondônia é recebida pela presidência da Capes em Brasília

Foto: ILUSTRATIVA

Na quinta-feira, dia 19 de agosto, a Presidência da Coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior (Capes) recebeu o Prof. Dr. Fabio Rychecki Hecktheuer, hoje vice-diretor Presidente da Associação de Assistência a Cultura na Amazônia (AASCAM), mantenedora da Faculdade Católica de Rondônia. 
 
O Prof. Fabio dirigiu-se à CAPES para dar as boas-vindas a Profa. Dra. Claudia Toledo e ao mesmo tempo levou um relato importante da história e dos projetos que a Católica vem implementando na Amazônia. 
 
Um dos objetivos da Faculdade Católica de Rondônia vai no sentido de diminuir a assimetria regional em relação ao acesso das pessoas em programas de Pós-graduação Stricto Sensu e, consequentemente, de produção científica e tecnológica.
 
Professor  Fabio Rychecki Hecktheuer, da FCR, se reuniu em Brasila com a professora Dra. Claudia Toledo, da Capes
 
Revolução
 
Transmitiu-se que a Faculdade Católica de Rondônia (FCR), surge nesse cenário, como uma grande parceira do Estado brasileiro para realizar uma verdadeira revolução na região Noroeste da Amazônia. 
 
Está assumindo uma função verdadeiramente pública para transformar a região no sentido de lhe proporcionar autonomia, em especial pelo caminho árduo e longo de formação e qualificação de profissionais nos níveis mais elevados do ensino formal, quais sejam, mestres e doutores. 
 
Foi momento de apresentar as mais de 15 turmas de mestrado e doutorado interinstitucional ofertadas na Católica nos últimos anos, todos em parceria com os mais consolidados programas de pós-graduação brasileiros, com incondicional apoio da CAPES. 
 
Ainda, comentou-se sobre as mais recentes parcerias, em especial às formalizadas com a Universidade de Passo Fundo (UPF) e Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI). Serão, nos próximos 4 anos, ofertados os mestrados e doutorados na área de envelhecimento humano, odontologia, letras, ensino de ciências e matemática, história, educação e saúde e gestão do trabalho.
 
“É que o motivo de existir desta Instituição é proporcionar à região esse salto de qualidade, somar-se ao Estado e às Instituições Públicas para dar o necessário suporte aos seus povos e comunidades. A assimetria regional é latente, e se não houver um rompimento com o status quo essa realidade não será transformada. A região vive a mais perversa das desigualdades, qual seja, a de oportunidades nestes níveis mais altos do ensino formal. A CAPES tem sido importante parceira e apoiadora da Católica nestes projetos”, expôs o Prof. Fabio. 
 
Na reunião, a Presidente informou que a CAPES está buscando formas de contribuir ainda mais com projetos como estes que vem sendo desenvolvidos pela Católica de Rondônia. 
 
É que os mestrados e doutorados interinstitucionais, via Projeto de Cooperação entre Instituições (PCI), são fundamentais para consolidar grupos em regiões carentes – como é o caso da região amazônica – para que possam vir a ser criados programas próprios. 
 
Afirmou, ainda, que estará apoiando, de maneira incondicional, as iniciativas da Católica de Rondônia, pois estão alinhadas às ações da CAPES no sentido de intensificar os investimentos para a região Norte. 
 
Ademais, informou destinar um cuidadoso olhar para os projetos de novos cursos (APCNs) submetidos pela Católica de Rondônia, pois está acompanhando o cuidado e a seriedade e, sobretudo, sabe que é apenas dessa forma que a região norte conseguirá ganhar autonomia. 
 
A Faculdade Católica de Rondônia está com propostas de mestrados próprios, alguns dos quais já em avaliação na CAPES. Assim, a FCR está na eminência de ser a única IES privada da região noroeste da Amazônia a ter um programa de pós-graduação próprio. Um importante passo para essa transformação que se espera alcançar. 
 
 
No ano de 2020, a FCR formalizou a mais significativa e importante parceria, desta vez com as Universidades de Passo Fundo (UPF) e do Vale do Itajaí (UNIVALI). Obteve a aprovação da CAPES para a oferta de outros 5 programas, em nível de Mestrado e Doutorado, nas áreas de: Envelhecimento Humano; Odontologia; Engenharia Civil e Ambiental; História; Ensino de Ciências e Matemática; Letras; e em Saúde e Gestão do Trabalho.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS