EDUCAÇÃO: Construção do novo campus da FCR gera emprego e renda local

EDUCAÇÃO: Construção do novo campus da FCR gera emprego e renda local

Foto: Divulgação

Acreditar que todo sonho é possível. Esta é a principal motivação para transformar vidas através da Educação. Com este propósito, há um investimento inicial calculando em várias cifras no novo campus da Faculdade Católica de Rondônia (FCR), em Porto Velho. Mesmo com a pandemia as obras avançam em ritmo acelerado, favorecendo o mercado da construção civil com o emprego da mão de obra local. 
 
Em uma área ampla, o projeto terá uma área construída de aproximadamente 14.000m², em quatro pavimentos, com infraestrutura moderna e num espaço interativo com as pessoas. O novo prédio está sendo erguido na Avenida Governador Jorge Teixeira, na região do Espaço Alternativo. 
 
Para o diretor acadêmico da FCR, Prof. Pedro Abib, a Instituição viu que neste momento de crise a necessidade de trilhar caminhos. “Todo o capital que se investe, é um recurso que fica para Porto Velho, para Rondônia, para a comunidade. Tudo isso ocorre na busca por uma transformação social por meio da Educação”, reitera. 
 
 
 
MÃO DE OBRA LOCAL
 
Desde o início do planejamento do empreendimento de tal envergadura, a FCR buscou empresas e pessoas que são próximas, ou seja, que sejam da terra e com capacidade técnica na sua execução e que querem investir na região. Com isso, foi escolhida a Barroso Arquitetura e Construção para gerenciar a obra.  
 
“Pensamos um projeto com sustentabilidade econômica e ambiental como, por exemplo, emprego/renda e reaproveitamento das águas da chuva e com energia solar. Essas são uma das nossas peculiaridades que diferem de muitas outras obras por aí afora”, acrescenta Abib. 
 
De acordo com a Construtora, para a obra foram contratados mais de 200 homens. 
 
CURSOS 
 
Com a inauguração do novo campus, a Instituição seguirá com seus cursos atuais: Direito e Psicologia. Novos cursos presenciais estão em fase de liberação/autorização e devem ser anunciados em breve pela Instituição. O projeto de cursos EaD também deve entrar em execução, sendo os primeiros: Filosofia (bacharelado), Gestão Comercial, Gestão de Tecnologia da Informação, Segurança Pública e Produção Multimídia.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS