BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

EMBAIXADA: Sai edital do Concurso Itamaraty para diplomata com 25 vagas

O Instituto IADES organiza a seleção e recebe inscrições a partir de 06 de julho

ache concursos

30 de Junho de 2020 às 09:24

Atualizada em : 30 de Junho de 2020 às 14:34

Foto: Divulgação

 

ACHE CONCURSOS - Está aberto o novo concurso para Diplomatas no Instituto Rio Branco (IRBr). O Ministério das Relações Exteriores divulgou nesta terça o edital que tem 25 vagas para provimento na carreira inicial de terceiro secretário (concurso MRE 2020). O novo edital saiu no Diário Oficial da União desta terça, 30 de junho - veja o documento.

 
O Instituto Americano de Desenvolvimento - IADES é quem coordenará todas as etapas do novo concurso e há reserva ainda de 5 vagas reservadas para os candidatos negros e 2 para pessoas com deficiência.
 
A exigência para concorrer ao cargo é ter nível superior em qualquer área de formação, reconhecido pelo MEC, além de estar em dia com as obrigações eleitorais, entre outros requisitos. A remuneração inicial de um Diplomata é fixada em R$ 19.199,06.
 
Inscrição no MRE para Diplomatas vai de julho a agosto
 
As inscrições no novo concurso vão das 8 horas do dia 06 de julho até as 23h59min do dia 09 de agosto de 2020, exclusivamente pela internet, por meio do endereço eletrônico do IADES - www.iades.com.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 224,00 e esta deverá ser paga até o dia 11 de agosto.
 
No momento da inscrição, o candidato deverá optar pela cidade de realização das provas e pelo sistema de concorrência e, se for o caso, solicitar a opção de atendimento especial.
 
Provas do MRE para Diplomatas começam em agosto
A primeira fase do concurso será composta por uma prova objetiva com 73 questões sobre diversos conteúdos, envolvendo:
 
10 de Língua portuguesa;
 
09 de Língua inglesa;
 
11 de História do Brasil;
 
11 de História mundial;
 
12 de Política internacional;
 
06 de Geografia;
 
08 de Economia;
 
06 de Direito;
 
A prova objetiva da primeira fase do concurso será realizada nas capitais dos 26 estados da Federação e no Distrito Federal no dia 30 de agosto de 2020, em dois períodos: o primeiro, iniciando-se às 9 horas e 30 minutos, e o segundo, iniciando-se às 15 horas, ambos com duração de 3 horas, nos locais que serão informados no dia 24 de agosto pelo IADES.
 
O gabarito oficial preliminar da prova objetiva será divulgado no endereço eletrônico http://www.iades.com.br, na data provável de 30 de agosto, após as 22 horas.
 
A segunda fase do concurso terá prova escrita de língua portuguesa e de língua inglesa, ambas de caráter eliminatório e classificatório. A prova escrita de língua portuguesa será aplicada nas capitais onde houver candidatos aprovados na Primeira Fase, na data provável de 27 de setembro, com início às 14 horas. Já a prova escrita de língua inglesa será realizada a partir das 14h do dia 28 de setembro, nas capitais onde houver candidatos aprovados na Primeira Fase.
 
O edital com o resultado provisório na segunda fase será divulgado no endereço eletrônico do concurso na data provável de 13 de outubro.
 
A terceira fase é composta de prova escrita de história do Brasil, política internacional, geografia, noções de economia, noções de direito e direito internacional público, língua espanhola e língua francesa, de caráter eliminatório e classificatório.
 
As provas terão duração de 4 horas cada e serão aplicadas nas capitais onde houver candidatos aprovados na segunda fase, nas datas prováveis de:
 
31 de outubro de 2020: Prova de história do Brasil, iniciando-se às 9 horas e Prova de geografia, iniciando-se às 15 horas;
1º de novembro de 2020: Prova de política internacional, às 9 horas; e Prova de economia, às 15 horas;
2 de novembro de 2020: Prova de direito, às 9 horas; e Prova de língua espanhola e língua francesa, às 15 horas.
O edital com os resultados provisórios na terceira fase será divulgado na data provável de 20 de novembro de 2020.
 
Em caso de empate na nota final no concurso, terá preferência o candidato que, na seguinte ordem:
 
Tiver idade superior a 60 anos, até o último dia de inscrição no concurso;
 
Obtiver a maior nota na prova de língua portuguesa da Segunda Fase;
 
Obtiver a maior nota na prova de língua inglesa da Segunda Fase;
 
Obtiver a maior nota na prova de história do Brasil da Terceira Fase;
 
Obtiver o maior resultado na soma das notas das provas da Terceira Fase;
 
Tiver maior idade;
 
Tiver exercido a função de jurado (conforme art. 440 do Código de Processo Penal).
 
A nomeação dos candidatos aprovados respeitará os critérios de alternância e de proporcionalidade, que consideram a relação entre o número total de vagas e o número de vagas reservadas aos candidatos com deficiência e aos candidatos negros.
 
O prazo de validade do concurso será de 90 dias, a contar da data de publicação do resultado final, com possibilidade de prorrogação por igual período.
 
Confira o edital no anexo:
 
 
 
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS